em formato híbrido, festival de cinema chega à 9ª edição

0
16

[ad_1]

Goiânia – Em formato híbrido este ano, o Anápolis Festival de Cinema (AFC) chega à sua 9ª edição. A programação se inicia nesta quinta-feira (9/6) e segue até o próximo dia 13/6. As exibições serão em vários pontos da cidade goiana, além do material que também estará disponível no site do festival, onde também podem ser acessados mais detalhes do evento.

“Iremos para além do presencial, disponibilizando o acesso aos filmes, rodas de conversa e outras ações através do site”, explica a secretária municipal de Integração Social, Esporte e Cultura, Andrea Lins.

Além da exibição de filmes, na abertura terá espetáculo teatral e uma homenagem póstuma ao cineasta Carlos Cesar Santos, conhecido como Cesinha, uma referência audiovisual em produções de publicidade, TV e cinema, com participação ativa desde a primeira edição do AFC, que morreu em junho do ano passado.

Mostras

As três mostras competitivas na grade de exibição (“Curta Anápolis”, “Curta Goiás” e “Curta Nacional”) estarão disponíveis online no site do evento nos dias do festival. O filme de abertura será o contemplado pelo Prêmio Incentivar da 8ª edição do AFC, que é o curta “Choveu há pouco na montanha deserta”, de Rei Souza, já selecionado em festivais de referência no país, como a Mostra de Tiradentes, e premiado no Fica 2021. O filme de encerramento é o longa “Vermelha”, do diretor Getúlio Ribeiro, que venceu a mostra competitiva de longas da Mostra de Tiradentes, em 2019.

As escolas municipais receberão a mostra infantil nas manhãs e tardes de sexta (10/6) e segunda (13/6). O 8º Encontro Anápolis de Cineclubes (EAC) realizará uma programação no sábado (11/6), voltada para a preparação de cineclubistas e público interessado na escrita de projetos para ações e manutenção de cineclubes. O EAC tem o apoio da União de Cineclubes de Goiânia.

Os diálogos com os diretores das três mostras competitivas estão marcados para o domingo (12/6), em transmissão online.

Oficinas

Duas formações chegam para qualificar realizadores e pessoas que querem aprender sobre a arte cinematográfica e a imagem. “Esta é uma parte fundamental do festival em que fomentamos novos talentos no audiovisual local, como também marcamos o evento como referência na difusão do fazer cinema”, explica a diretora de Cultura, Nabyla Carneiro.

Com o nome “Ouver imagens: do ouvido pensante à narrativa sonora”, a oficina parte da sensibilidade da percepção auditiva do participante e vai para a montagem de uma paisagem sonora da produção de filmes. O ministrante é Guile Martins, pesquisador e montador que há 18 anos tem seu trabalho premiado em filmes de destaque nacional.

A oficina “Imagem em Movimento – Iniciação a imagem animada” vai nas origens das imagens em movimento e sequenciais, com conceitos e experimentos dos dispositivos que deram origem ao cinema. Quem ministra esta formação é o artista plástico, curador e gestor cultural João Angelini, que desde 2005 tem sido selecionado e premiado em mostras de arte no país, com destaque para o Anima Mundi, em 2009.

O festival é realizado pela Art Vídeo e Prefeitura de Anápolis, com recursos da Lei Aldir Blanc da Secretaria de Estado da Cultura.

Serviço

9º Anápolis Festival de Cinema
Data: de 9 a 13 de junho
Horários, datas e programação no site.

Com informações da Prefeitura de Anápolis.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente

[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here