Autoconceito: O que é? Qual importância?

0
15

O autoconceito está associado com a forma que nos enxergamos nas mais diversas áreas de nossas vidas.

Ele aparece a todo momento: nos relacionamentos amorosos, na relação com a família, na forma como nos vemos no trabalho, e assim por diante.

Compreender este termo pode ser um bom caminho para aprender a se autoconhecer ainda mais.

Quer saber mais sobre o assunto? Então acompanhamento este texto até o fim

O que é autoconceito?

O autoconceito, como o próprio nome nos dá a entender, é o conceito que criamos e temos sobre nós mesmos. É a forma como nos descrevemos e nos vemos “diante do espelho” (não literalmente).

Por exemplo, se você se vê como um bom profissional, isso pode significar que você possui um autoconceito de que atua de forma adequada e positiva. Em contrapartida, se você ruim se enxerga como um profissional, pode ser que seja com um autoconceito muito negativo sobre a sua pessoa

Esse conceito que de nós mesmos pode ser minimamente a cada dia – mesmo que seja. Ele também se relaciona com as nossas emoções. Afinal, em dias que estamos mais felizes tendemos a enxergar mais positivamente – e o inverso também acontece.

Como o autoconceito impacta a nossa vida?

Compreendido este termo importante, vamos ver quais são as possibilidades de impactos do autoconceito em nossas vidas? Continue lendo.

1. Posicionamento contra silenciamento

Uma pessoa que possui uma autoestima saudável e um autoconceito mais positivo sobre si, pode ter uma capacidade de posicionamento um pouco maior. Isto é, essa pessoa expressa a sua opinião e sabe importa limites com relação aos outros.

Em contrapartida, uma pessoa que se vê como inferior e possui um deturpado de si, pode no silenciamento aceitar tudo dos outros e tendo dificuldade para importar limites.

2. Dificuldade para se expandir contra diálogos

Quem se enxerga muito que também pode ter para poder pensar. O inverso também acontece: quem é mais seguro de si tende a ser mais aberto aos bons diálogos.

3. Capacidade de responsabilidades contra fuga

Uma pessoa pode assumir as suas responsabilidades com mais. É o colaborador do que aceita novos desafios e responsabilidades por ter um autoconceito positivo e, assim acreditar que é capaz.

No caminho contrário, a pessoa que tem uma baixa autoestima e um conceito muito negativo de si tende a fugir de novos desafios, por se sentir incapaz.

4. Capacidade de negar algo contra definir

Quando o indivíduo reconhece a sua posição e tem um olhar mais claro sobre quem é, tem maiores chances de conseguir dizer “não” quando necessário.

Mas não compreende os próprios alguém e se enxerga como totalmente pode aceitar, porém, porém, alguém dos limites-se tudo que não pode aceitar, porém, alguém próprio, dos limites-se.

5. Autoestima positiva contra negativa

O autoconceito está associado à nossa autoestima. Se temos um conceito claro, que se baseia em nossos atributos e limites, uma tendência é que a autoestima seja mais saudável.

Em contrapartida, não são nossas qualidades e não são reconhecidas como nossos atributos, podemos mais baixa.

Por isso, praticar o autoconceito é muito importante! E-lembrese: a psicoterapia pode ajudar nesse sentido.

Avalie o Texto.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here