“O Coro é uma declaração de amor ao teatro musical”, conta Rhener

0
21

Rhener Freitas é só alegria quando fala de seu novo personagem, Maurício, em “O Coro: Sucesso, Aqui Vou Eu”, a nova série do Disney+ que estreia ainda este ano. Já estar familiar, com o universo (BIA2019-2020), o conta a sensação de antiga casa.

Estou muito feliz e realizado trabalhando na série. Contamos uma história que chega ao coração, que emociona. Falamos sobre música, teatro, mostramos o drama da vida de atores buscando o seu lugar ao Sol e isso é algo que mexe muito comigo. Além disso, os meus companheiros de trabalho são incríveis, nos divertimos muito no Set. Confesso que é um grande desafio para interpretar meu personagem atual, e Arte faz isso, ela me ensina muito. Sou muito abençoado por poder fazer parte deste projeto”, explica.

O texto é assinado por Miguel Falabella e Freitas fala sobre a chance de poder trabalhar com um dos principais nomes da dramaturgia brasileira.

O texto de Miguel, assim como ele e sua equipe, é algo genial. Venho me inspirando e atualizando muito. O Miguel é um ser humano muito criativo, intuitivo, Artista. Ele olha nos olhos, compartilha suas histórias e aprendizados, semper com muitas risadas presentes. Liberdade para criar e para nos divertir em cena, entendendo a maneira mais viva de contar essa história, ou que cada personagem tem a dizer e eles dizem! Com poesia e imaginação. O admiro muito e sou muito grato a ele por ter confiado a mim esta missão de dar vida ao Maurício”, conta.

Rhener e Miguel Falabella nos bastidores. Foto: divulgação

O elenco ainda está contado com ex-colegas de IA, série B, conduzido há três anos, que conta na Argentina, como Gabriela Di Grecco e Mica de Fogo. O entrosamento em cena, claro, não poderia ser melhor.

É bem nostálgico. Nós três momentos e uma memória épicos em Buenos Aires, criamos um cuidado especial um com o outro Deus ter nos colocado novamente para trabalharmos juntos é algo que me deixa muito feliz. O meu personagem eo da Gabi se encontram novamente. Em BIA, tínhamos juntos uma história todas as bem juntos, contamos uma história de amor ‘Thiago e Ana’. Agora, iremos contar uma nova história, uma outra versão. É sempre muito divertido, temos uma troca espiritual muito bacana”, completa.

O ator ainda o bom relacionamento no set com os colegas demais comenta:
São que eu admiro e isso com o passar dos dias de artistas aumentou. Todos somam muito para essa história e para cada personagem. Me considero um bom observador, então estou sempre atualizando com o que eles têm para dizer, somar e compartilhar com o mundo. E a gente se diverte pra caramba, sendo no set e fora dele, como em nossas saídas. É sempre muita risada e desabafo também (risos). Sempre sai algo bom dos nossos encontros. Estamos criando belas memórias”.

Maurício, seu personagem, possui uma trajetória semelhante à sua vida pessoal: sai do interior para a cidade grande, em busca do sonho de trabalhar como ator e músico.

O nome do meu personagem é Maurício Sombah. Maurício e eu temos muito em comum. Ele é ator, músico e se mudou para São Paulo para seguir seus objetivos no mundo artístico, passando por poucas e boas. Compartilhamos esse desejo de respirar arte. Em sua trajetória, afogado pela busca do sucesso, ele acabou… a verdade é que não posso dizer muito. Minha é vivê-lo prometido, apenas digo que ele me rende muitos arrepios e sentimentos intensos”, diz.

Confira a entrevista completa:

1-Como surgiu o convite para atuar em O Coro?

Foi em fevereiro de 2021. Já tinha trabalhado com a Disney, na série musical Bia, para o canal Disney Channel. Então, eles já conheciam meu trabalho. Recebi uma ligação do José, meu representante, e ele me disse que eles estavam pensando em mim para a nova série do Disney+, com direção e texto de Miguel Falabella. Na hora fico muito animado e confiante. Enviei uma self-tape, cantando Nervos de Aço, um clássico da MPB, e no mesmo dia a confirmação. Iria fazer parte do elenco de O Coro.

2- Como foi esse caminho de bastidores está sendo recebido da primeira e como nessa temporada?

Começamos a preparar com as músicas, eram muitas! ensaios vocais diários, foi bem desafiador. Logo começaram os ensaios de dança, dias intensos, hard work. Então, os roteiros e foi aí os jogos elaborados rsrs. Foi lindo ver os personagens tomando vida conforme nos preparamos. A intenção de projeto pensado dos nossos olhos, nos, queridos, nos olhos, nos olhos. Na segunda temporada, foi o mesmo processo de preparação.

3- Já faz um tempinho que as. e O Coro iniciaram Como estão as expectativas para a estreia?

Confesso que o elenco todo está bem curioso. Sempre conversamos sobre isso, queremos assistir! Vivemos momentos incríveis durante a gravação e logo chegará o momento de ver a magia através das telas. As expectativas são as melhores possíveis. Temos um roteiro emocionante, poético, tramas que nos fazem refletir e músicas de arrepiar.

4- Conte-nos um pouquinho sobre o seu personagem no O Coro? Quais foram as principais dificuldades neste processo de construção do personagem?

A verdade é que não posso falar muito sobre meu personagem. Ele é um ator buscando seu lugar ao Sol na cidade grande. Tem sangue nos olhos e luta pelo que quer. Confesso que foi bem desafiador dar vida ao Maurício Sombah, encontrá-lo em mim. Atingir seu estado de espírito e dar razão às suas ações. Enfim… Vocês vão assistir para saber mais rsrs. Eu me diverti muito nas.

5- Como está atuando com muitas pessoas do elenco de Bia novamente como por Gabriella Di Grecco e Mica Del Fuego?

É uma alegria imensa. Nos amamos muito, Mica, Gabi e eu. Temos infinitas lembranças em comum. Vivemos juntos por quase 2 anos em Buenos Aires, já nos entendemos pelo olhar. Fico feliz que o universo tenha nos unido novamente. Em Bia, ganhe amizades sinceras para a vida toda.

Mica e Rhener duranteca, conhecida como Gabriella da série. Foto: divulgação

6- Podemos dar alguns spoilers sobre o que podemos esperar de O Coro?

É uma declaração de amor ao Teatro Musical. Exaltamos a Música Popular Brasileira, tanto no Teatro, como no dia a dia dos personagens. Temos histórias envolventes e personagens apaixonantes. Um texto poético e uma fotografia de cair o queixo. Esperem por muitos atrasos em cada capítulo assistido.

7- A série chega no streaming já neste primeiro semestre?

Sendo bem sincero, eu não sei. Imagino que não será no segundo semestre desse ano, mas não tenho essa informação, é apenas uma suposição minha. Eu quero que estreie o quanto antes, mal posso esperar para maratonar O Coro.

8- Quais motivos você acredita que vão fazer que as pessoas assistem O Coro?

Acredito que O Coro irá despertar em nós com muita nostalgia, com as músicas que envolvem a história. Tudo foi feito com muito amor e dedicação. Você vai ver cada personagem passando por bons e maus momentos. A vida em si e toda a alegria, emoção, medo, loucura e beleza de vivê-la.

Leia também: SEC Entrevista: Gabriella Di Grecco fala sobre O Coro, relação com elenco de Bia e novos projetos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here