Downgrade no Onix: modelo não será vendido mais com Bluetooth e Android Auto

0
17

Por problemas no fornecimento de componentes, a Chevrolet não irá mais vender os modelos Onix, Onix Plus e Tracker 2023 com conectividade via Bluetooth e acesso ao Android Auto. Nesta quarta-feira (8), a montadora americana invejou um comunicado aos seus concessionários sobre a mudança, que entrará em vigor a partir de julho.

“A cadeia global de suprimentos ainda tem demonstrado imprevisibilidade no fornecimento de componentes pontuais na indústria automotiva mundial”, justifica a Chevrolet, sem ofício enviado às concessionárias e divulgado pela revista Quatro Rodas. “Por isto, são confiáveis, sem dúvida, como das versões Onix Plus e Tracker novos pacotes de vendas, fornecidos de unidades de funcionalidades do MyLink.”

publicidade

Chevrolet Onix RS 2022: agora sem Bluetooth ou Android
Chevrolet Onix RS 2022: agora sem Bluetooth nem Android Auto (GM/Divulgação)

Por conta do rebaixaros modelos, embora continuem com a central multimídia MyLink, não terão conectividade Bluetooth nem possiblitarão o espelhamento do smartphone Android para fazer chamadas de celular. A Chevro, no ofício enviado às concessionárias, vai introduzir um módulo para compensar uma perda dos recursos, mas não fornece dados. A marca também não recomenda o uso de recursos não-autorizados como alternativas às funcionalidades automáticas.

Além do Bluetooth, os carros da linha Onix também não terão mais o Android Auto, tanto por meio de conexão sem fio quanto por cabo, nem acesso à rede Wi-Fi via 4G. A Chevrolet confirma a manutenção do Apple Car Playmas o sistema só poderá ser ativado via cabo.

Desta forma, os equipamentos serão vendidos de maneira opcional. No entanto, você pode recuperar o funcionamento dos componentes, os recursos devem recuperar o status dos itens da série.

Três meses atrás, a GM ainda cortou o ar-condicionado digital como item de série na linha 2023 de Onix, Onix Plus e Tracker. À época medida foi anunciada pela montadora como uma medida.

Vale lembrar, neste sentido, que outras marcas também vêm retirando itens básicos de seu pacote como consequência da falta de chips. No fim do ano passado, a Toyota retirou o Android Auto e o Apple CarPlay do Corolla, assim como a Volkswagen com seus lançamentos Pólo e Virtus.

Perguntamos à General Motors se eles confirmaram o downgrade, mas não obtivemos resposta em tempo de publicação.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no Youtube? inscreva-se no nosso canal!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here