Denúncia que foi fotografada nua em Estudante banheiro da UnB

0
19

Uma estudante, de 22 anos, do curso de serviço social da Universidade de Brasília (UnB) denunciou, por meio das redes sociais, que sofreu assédio dentro do Campus Darcy Ribeiro, na Asa Norte. O episódio teria ocorrido nessa terça-feira (7/6), segundo dia de aula após mais de dois anos sem ensino presencial na UnB.

A jovem detalhando que foi vítima do crime no Instituto Central de Ciências (ICC) Sul. “Quando me dirigi ao banheiro superior e estava dentro do box, usando o sanitário, vi que alguém estava me filmando ou tirando fotos num momento de privacidade pela parte de cima do box. Fiquei pasma, sem reação. Gritei”, narro.

0

Ela segue contando que, “ao sair do box, não tinha nem fechado o zíper da minha calça direito, e o pervertido já estava longe”. Explica que conseguiu ver que ele estava escuro, blusa preta e máscara. “As pessoas souberam ou não souberam, mas não sabiam que as pessoas sabiam e não fizeram nada. Uma segurança? Agiram como se fosse mais um caso”, reclamou.

A estudante foi revelado que um professor da universidade precisou sair de sala de aula para acompanhá-la até a sala de segurança, pois, “sozinha, ela não teria levado a sério”. A vítima narra que “estava em prantos” e descreveu horrorosa o episódio como “situação e humilhante”.

“Que lugar é esse onde não se pode nem usar um banheiro com segurança? As trabalhadoras e estudantes do período noturno querem e precisam de mais segurança”, protestou.

Em entrevista à coluna, a universitária disse que temeu pela vida, uma vez que o local estava escuro e sem movimentação. “Costumamos ouvir diversas histórias de violência. Então, eu tinha o traje de bem o banheiro antes de usar, exatamente para ver se não tinha ninguém escondido. Quando vi que estava sendo filmada, ainda demorei alguns segundos para rebelar, não sabia o que ele poderia fazer. Ainda estou abalada e não pretendo retornar à universidade hoje”, desabafou.

O outro lado

A Universidade de Brasília (UnB A) confirmou que “está apurando o ocorrido com uma estudante nas dependências do ICC na noite de ontem (7)

“As imagens captadas pelas câmeras de segurança da Universidade entregues hoje para investigação da Polícia Civil ainda hoje.
A UnB repudia qualquer tipo de violência e reitera seu compromisso com a defesa dos direitos humanos. A Diretoria de Atenção à Saúde da Comunidade Universitária (Dasu) já está em contato com o estudante para realizar o acolhimento necessário”, informou a UnB.

Além disso, a instituição de ensino superior reforçou que “vem aprimorando a segurança nos campi, com medidas como a instalação de mais de 550 câmeras de monitoramento, troca de câmeras e o estabelecimento de protocolos para lidar com situações de assédio. Também procura trabalhar a conscientização acadêmica, com debates e cursos sobre o combate e prevenção contra a mulher e os outros grupos à comunidade.”

Pandemia

O episódio ocorreu no segundo dia após o retorno das aulas presenciais na UnB Após dois anos e três meses de atividades, cerca de 50 mil anos, nesta segunda-feira/6 meses, como nos campus da instituição de ensino superior. Elas estavam suspensas por causa da pandemia da Covid-19.

Além da programação, além da programação, a recepção dos universitários a UnB segue para o protocolo para aula de laboratório da doença em sala especial de recepção de protocolos de ensino.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF sem Instagram.

Quer notícias do DF direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesdf.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here