Illinois penaliza Big Techs com legislação contra de privacidade

0
18

O Google vai US$ 100 milhões, o equivalente a R$ 486 milhões para os habitantes do estado de Illinois, nos EUA, em razão de uma ação judicial referente a uma função de reconhecimento facial presente no Google Fotos. Mas isso não é a primeira vez que uma Big Tech cai nos tentáculos da legislação de Illinois. Com uma lei rígida, o estado já condenou outras gigantes da tecnologia, como o Facebook.

Regulamentação rígida

A regularidade de seus usuários tipo de Illinois vigora desde 2088 e impede que as empresas possam observar os usuários em qualquer tipo de informação biométrica.

publicidade

E a lei amostra de voz dos dados digitais ou geometria do rosto, caso não informe por qual motivo está usando os recursos e nem o tempo de posse da empresa.

A Legislação de Illinois, nos EUA, é bem rígida na cobrança por respeito às regras de privacidade e vem penalizando como Bigs Techs. Imagem: Sutadimages / Shutterstock

Além do Google, outras Big Techs já conhecem o crivo da legislação de Illinois. Em 2021, o Facebook pagou US$ 650 milhões para os moradores por conta da ferramenta de marcação de pessoas, que analisava fotos de integrantes da plataforma para sugerir a presença deles em imagens de outros usuários.

O Snapchat também enfrenta um processo pelo fato de ter coletado amostra de voz e informações de geometria facial dos usuários por meio dos filtros.

Leia mais:

Ressarcimento

No caso do Google Fotos, noticiado ontem pelo Olhar Digital, As pessoas que residiram em Illinois, entre 1º de maio de 2015 e 25 de abril de 2022, terão o direito ao ressarcimento reconhecido pelo Google, com valores entre US$ 200 (R$ 972) e US$ 400 (R$ 1,9) mil).

Através da: A Beira

Já assistu aos novos vídeos no Youtube do Olhar Digital? inscreva-se no canal!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here