The Contractor – Mercenário impressiona por causa de Chris Pine

0
24

Sou fã de Chris Pine. Não só como ator (ele é ótimo), mas também como homem lindo que é (está entre meus Top 10). Então quando um filme com ele estreia, vou logo assistir. Foi o caso de O Empreiteiro – Mercenário, que estreou na última sexta no Amazon Prime Vídeo. É um filme de ação, mas não só isso.

James Harper (Chris Pine) é involuntariamente dispensado das Forças Especiais do Exército. Com isso, perde a sua pensão e seguro de saúde. Endividado e com a família para sustentar, ele assina um contrato com uma equipe militar privada. Ele irá trabalhar junto com o seu melhor amigo (Ben Foster) e sob o comando de um veterano (Kiefer Sutherland). Só que a sua primeira missão em Berlim termina mal. Harper é perseguido e consegue escapar por pouco da morte. Ele se vê no meio de uma conspiração. E terá que encontrar uma maneira de regressar para casa para desvendar o que deu errado e quem está atrás dele.

O filme começa de maneira lenta, parecendo um filme europeu. É bem diferente de filmes de ação que já vimos com grandes astros no streaming. Tem uma inspiração de Identidade Bourne, mas no início pretende passar uma mensagem. Trata-se da situação de veteranos que acabam tendo que se juntar a milícias que fazem qualquer coisa. Essa é a situação de James. O filme tem esse lado que ocupa a primeira meia hora. A ação começa só depois disso. Mas há bons momentos com cenas de perseguição especialmente tensas. Isso inclui o tiroteio com a polícia, e principalmente a fuga de James no meio da cidade. Esta, em tese seria Berlim, mas tudo foi filmado em Bucareste no final de 2019.

A partir daí não há nada de muito novo em O empreiteiro. O final parece mesmo um pouco corrido. Entretanto o filme funciona. E isso se deve muito aos atores. É o caso de Ben Foster com quem Chris Pine fez Qualquer Custo e Horas Decisivas (que eu adoro). Mas a verdade é que Chris faz a diferença aqui. Ele sempre impressiona pela verdade que imprime em todos os papéis. Mas aqui ele está tão determinado. Talvez nas mãos de outro ator O empreiteiro não seria o filme interessante que é. Vale a pena conhecer.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here