prazo para a declaração termina amanhã

0
10

Faltam menos de 48 horas para o fim do prazo para a declaração do Imposto de Renda. Conforme as informações oficiais, os cidadãos ainda não enviaram a documentação necessária se apressar para realizar às 23h59 desta terça-feira (31). Quem não realizar o ato, poderá ter que pagar uma multa.

Segundo informações da própria Receita Federal, pouco mais de 5 milhões de brasileiros, obrigado a uma declaração, ainda não enviaram o processo. Os números preocupam, pois há um temor de que boa parte destas pessoas permitam para enviar como documentações de uma só vez, o que pode causar congestionamentos.

Para quem pretende enviar os documentos nestas horas finais, uma dica importante é a opção pela declaração pré-preenchida. Existe uma opção desde o início do processo de envio e serve apenas para os usuários que já enviaram os documentos em anos anteriores. Assim, o cidadão perde menos tempo para preencher as informações.

De acordo com a Receita Federal, a declaração pré-preenchida já é baixada com todos os dados registrados em anos anteriores. Dessa forma, o cidadão apenas precisa se preocupar em alterar as informações que não são as mesmas neste momento. Assim, ele perderá menos tempo para realizar o envio.

O cidadão que não enviar uma declaração do Imposto de Renda até o final do prazo, terá que pagar uma multa que pode chegar a até 20% do valor do imposto devido à Receita Federal. Em caso de não pagamento, ele se torna inadimplente aos olhos do Governo Federal. Cidadãos que não são obrigados a declarar, também podemos realizar o envio.

Restituição nesta semana

A semana que começa nesta feira (30) promete ser agitada na Receita Federal. Afinal de contas, além do fim do prazo para a declaração do Imposto de Renda, também haverá a primeira liberação da restituição.

Já terça-feira (31), a Receita libera o primeiro lote para alguns grupos que não possuem prioridade nesta recepção. Idosos e profissionais que ganharam dinheiro com o magistério são os primeiros a receber.

Além deste lote inicial, a Receita Federal deve liberar outros quatro. Veja abaixo:

  • Primeiro lote: 31 de maio
  • Segundo lote: 30 de junho
  • Terceiro lote: 29 de julho
  • Quarto lote: 31 de agosto
  • Quinto lote: 30 de setembro

De acordo com a Receita Federal, os cidadãos que declararam o imposto de renda mais cedo terão mais chances de receber a restituição logo nos primeiros lotes. Do mesmo modo, quem deixou para declarar mais tarde, ficará para os dados mais recentes.

Ainda não é possível saber em qual lote cada um dos segurados poderá ficar. De todo modo, a Receita Federal irá consultar a cada uma das liberações às vésperas dos dados de cada pagamento.

Imposto de Renda

O ano de 2022 foi atípico para o processo de declaração do Imposto de Renda. Por causa da pandemia coronavírus, a Receita Federal decidiu adiar para entrega dos documentos que são necessários para todos os anos.

Inicialmente, o plano era receber as declarações até o último dia 29 de abril. No entanto, diante da pressão de vários setores da sociedade civil, eles decidiram estadiar um dado final para terça-feira (31). Não há previsão de novos adiamentos.

Veja o que é sucesso na Internet:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here