“Olhem para os problemas reais da vida do povo”, afirma novo cardeal

0
11

Anunciado pelo papa Francisco como um dos novos cardeais da Igreja Católica, o arcebispo metropolitano da Arquidiocese de Brasília, Dom Paulo Cezar Costa, nutre profunda problema com problemas sociais. Segundo o novo cardeal, os governantes devem deixar ideológicas em segundo plano, direcionando exercícios em busca de solução para os disputados mais necessários.

O anúncio da nova posição de dom Paulo foi feito na manhã deste domingo (29/5).

Para dom Paulo Cezar, o conceito de serviço é muito bonito e deve ser aplicado pela Igreja, pela sociedade, por lideranças e gestores públicos. “Oxalá nossa sociedade seja uma sociedade de servidores. Oxalá os políticos, ao invés de discutir a ideologia, discutam nossos pensamentos ao bem do nosso povo amado. Olhem para os problemas reais da vida do nosso amado povo”, pontuou o novo cardeal.

Veja a fala do novo cardeal:

Dom Paulo defende a mesma postura nestas mudanças, previsão para outubro. “Oxalá esta eleição que nós temos pela frente não tanto de discussões ideológicas, mas seja de olhar os reais problemas do nosso povo, os reais problemas da sociedade brasileira. E apresentarem propostas concretas”, afirmou.

Segundo o novo cardeal, o papa Francisco deseja que a Igreja Católica seja no Brasil cada vez mais evangelizadora, missionária e próxima dos “últimos”, dos pobres e dos mais necessitados. Além de lutar contra o avanço da pobreza e da exclusão social, a instituição também deve centrar o exercício nas questões ambientais.

A preocupação com a Amazônia está com a nomeação de arcepo metropolitano de Manaus, dom Leonardo Ulrich Steiner, também neste domingo, como novo cardeal.

Dom Paulo Cezar mostrou preocupação com o conflito entre Ucrânia e Rússia. “A crise é sempre possibilidade. Se nós podemos olhar para a crise e refletir sobre ela, se somos capazes de ter um mais profundo possível. Ninguém esperava que no final de uma crise de pandemia se fosse ter uma guerra. A guerra aconteceu. É preciso que esse tempo de crise nos fachada olhar para frente com esperança. E é preciso aprendermos desse momento. Aprendermos para construir um mundo melhor”, comentou.

Do ponto de vista de dom Paulo Cezar, a Igreja Católica tem o papel de pacificar. “Como cardeal, eu posso servir, mas que a nossa sociedade possa ser cada vez mais uma sociedade de servidor e servidora, de homens e mulheres que olham para o bem do nosso povo, que estão atentos principalmente aos últimos, aos mais necessitados”, afirmou.

Perfil

Dom Paulo Cezar Costa foi nomeado arcebispo da capital do país no fim de 2020. Agora, com a confirmação dessa reunião de cardeais, Costa se torna o mais novo cardeal em termos de idade. Ele fará 55 anos em julho. Atualmente, o mais novo é Dieudonné Nzapalainga, da República Centro-Africana, que já tem 55.

O anúncio do papa veio durante o evento Regina Coeli pelo Domingo da Ascensão do Senhor. Os cardeais são, em geral, os bispos das mais importantes dioceses do mundo, apesar de, na teoria, padres e diáconos também podem exercer tal função. Eles assessoram diretamente o papa em questões administrativas e administrativas. E, se tiver menos de 80 anos, responsáveis ​​por eleger um novo papa.

“Rezemos novos cardeais, pelos novos cardeais, para que, confirmando a sua adesão a Cristo, me ajudem no meu ministério de bispo de Roma, para o bem de todo o fiel Povo Santo de Deus”, rezou Francisco após o anúncio. Segundo a Arquidiocese de Brasíliaa formalização dos 21 novos cardeais será concretizada no Consistório, previsto para 27 de agosto deste ano, no Vaticano.

Confira a lista de novos cardeais:

  • Dom Arthur Roche – prefeito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos.
  • Dom Lazzaro You Heung sik – prefeito da Congregação para o Clero.
  • Dom Fernando Vérgez Alzaga LC – presidente da Pontifícia Comissão para o Estado da Cidade do Vaticano e presidente do Governatorato do Estado da Cidade do Vaticano.
  • Dom Jean-Marc Aveline – arcebispo Metropolita de Marselha (França).
  • Dom Peter Okpaleke – bispo de Ekwulobia (Nigéria).
  • Dom Leonardo Ulrich Steiner, OFM – arcebispo Metropolita de Manaus (Brasil).
  • Dom Filipe Neri António Sebastião di Rosário Ferrão – arcebispo de Goa e Damão (Índia).
  • Dom Robert Walter McElroy – bispo de San Diego (EUA)
  • Dom Virgílio Do Carmo da Silva, SDB – arcebispo de Díli (Timor Leste).
  • Dom Oscar Cantoni – bispo de Como (Itália).
  • Dom Anthony Poola – arcebispo de Hyderabad (Índia).
  • Dom Paulo Cezar Costa – arcebispo Metropolita da Arquidiocese de Brasília (Brasil).
  • Dom Richard Kuuia Baawobr M. Afr – bispo de Wa (Gana).
  • Dom William Goh Seng Chye – arcebispo de Singapura (Singapura).
  • Dom Adalberto Martínez Flores – arcebispo Metropolita de Asunción (Paraguai).
  • Dom Giorgio Marengo, IMC – prefeito Apostólico de Ulabaatar (Mongólia).

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF não Instagram.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here