Lucro do FGTS será distribuído aos trabalhadores ainda em 2022

0
10

Trabalhadores com saldo disponível no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), até 31 de dezembro do ano passado, terá acesso ao lucro dos valores depositados nas contas do órgão. O rendimento deve ser concedido até 31 de agosto.

O governo federal é uma espécie de prestação de contas que o Governo Federal faz aos trabalhadores vinculados ao FGTS. A medida foi elaborada em 2017 e estão em todos os anos.

Quando trabalhar não resgatar o seu saldo de fundos, o Governo Federal a medir como forma de projetos de orçamentos, para ser aplicado em obras para habitação, infraestrutura e saneamento básico.

Nesse sentido, os valores investidos pelo governo acabam gerando dos meses. Desta forma, os recursos retornam com um reajuste conta do trabalho utilizado, conforme o total para utilização.

Em 2021, foi distribuído uma quantidade de R$ 8,1 bilhões entre 191 milhões de contas ativas e inativas do FGTS. O montante representa um lucro de 96%, sendo um taxa de rendimento total de 4,92% no último ano.

Todavia, os valores e rendimentos são embora de direito do trabalhador, os mesmos só podem ser sacados em situações específicas e em lei, sendo elas:

  • Dispensa sem justa causa por parte do empregador;
  • Rescisão por acordo entre contratante e empregado;
  • Para compra da casa própria;
  • Para pagamento complementar de imóveis compradores por meio de consórcio;
  • Para pagamento complementar de bens (pelo SFH – Sistema Financeiro de Habitação);
  • Rescisão por termo de contrato por prazo determinado;
  • Por fechamento da empresa: vale em caso de extinção parcial ou total da empresa ou estabelecimento;
  • Rescisão por culpa recíproca (empregador e empregado) ou maior (se a empresa é atingida por força por um incêndio ou enchente, por exemplo);
  • Rescisão por divórcio;
  • Em caso de desastres naturais, como enchentes ou vendavais;
  • Ser um trabalhador avulso, empregado através de uma entidade de classe, fica suspenso por período igual ou superior a 90 dias;
  • Para trabalhador quem tem 70 anos ou mais;
  • Trabalhadores ou responsáveis ​​pelo HIV;
  • Trabalhadores ou dependentes com câncer;
  • Trabalhadores ou dependentes que estão em estágio terminal por causa de uma doença grave;
  • Empregados que ficam três anos seguidos ou mais sem trabalhar com carteira assinada;
  • Em caso de falecimento do titular, os dependentes e herdeiros judicialmente reconhecidos, podem entregar o saque de saque
  • Saque-aniversário.

Saque extraordinário de R$1 mil é liberado para nascidos em setembro

A partir de sábado (28/05), os trabalhadores nascidos em setembro foram entregues a este saque saque de até$1 mil do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

A princípio de acordo com o calendário divulgado pelo Governo Federal, escalonado por mês de nascimento, recebido hoje cerca de 3,4 milhões de trabalhadores.

Até este sábado, os recém-nascidos de janeiro e setembro já tiveram os recursos liberados. O saque dos valores do programa será possível até o dia 15 de dezembro.

Próximos envios do saque extraordinário

Conforme informado anteriormente, os nascidos de janeiro a setembro já contam com os valores em suas contas. Sendo assim, restam apenas pagamentos para os nascidos nos seguintes meses:

  • outubro: receba dia 1º de junho
  • novembro: receba dia 8 de junho
  • dezembro: receba dia 15 de junho

Como consultar o valor que vou receber o FGTS?

É importante destacar que o valor que cada trabalhador vai receber do FGTS dependerá de quanto cada um possui nas suas contas (ativas e inativas).

Seja como saldo, o saque para todos os trabalhadores limitados a um total de R$ 1 mil, mesmo que o trabalhador tenha muito maior nas contas. Quem possui um valor menor, receberá o valor integral em suas contas.

A consulta do saldo do FGTS poderá ser feita pelo site e pelo aplicativo do FGTS, disponível para celulares Android e iOS.

Veja o que é sucesso na Internet:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here