Colômbia terá 2º turno entre candidato de esquerda e “Trump” local

0
11

Com o avanço da apuração das urnas colombianas, o governador anunciou que a eleição para Presidência da Colômbia terá segundo turno, com data marcada para 19 de junho, entre Gustavo Petro e Rodolfo Hernández.

Com 98,1% das urnas contabilizadas, Petro tem 40,31%, seguido por Hernández, com 28,17%.

No total, 98,1% das urnas já tinham sido contabilizadas até o início da noite deste domingo (29/5). O esquerdista Petro tem 40,31%, seguido pelo populista Hernández, com 28,17%. Além desses, quatro candidatos estão na corrida.

Petro, que concorre pela terceira vez ao cargo, apareceu em primeiro lugar nas pesquisas, fato inédito para um candidato de esquerda no país. O avanço de Hernández, entretanto, foi inesperado. O ex-prefeito de Bucaramanga por meses na colocação nos levantamentos apareceu, mas ganhou força nas últimas semanas.

As últimas pesquisas apontaram o direitista Federico “Fico” Gutiérrez, ex-prefeito de Medellín e apoiado pelo atual governo, de Iván Duque, em segundo lugar. Até o momento, ele acumula 23,89% dos votos. Porém sua candidatura perdeu força frente à que Duque vem sofrendo da população colombiana.

0

Petro x Hernández

Caso eleito, Petro, de 62 anos, será o primeiro presidente de esquerda da Colômbina, e promete um governo social-democrata. Entre suas propostas, estão reforma agrária, redução da taxa de emprego e redução da dependência do país em relação ao petróleo, com prioridade para a produção do campo e das dimensões.

O candidato foi membro de uma guerrilha e chegou a ser preso e torturado durante a década de 1980. Foi eleito o senador duas vezes e o prefeito da capital, Bogotá.

Por outro lado, Hernández, de 77 anos, é conhecido como o “Donald Trump colombiano” e manteve um discurso anticorrupção. Empresário- sucesso, o candidato foi como um prefeito de Bucaramanga, uma cidade de cerca de 500 mil habitantes, antes de se lançar à Presidência. Em 2004, sua filha foi sequestrada e morta por guerrilheiros do ELN.

Hernández é investigado por nenhum caso Vitalogic Em 2021, o Ministério Público o acusou formalmente de assinar um contrato de consultoria irregular para “implementar novas tecnologias de gestão de resíduos no aterro de El Carrasco”. Ele, por sua vez, insiste que “nenhum peso [moeda oficial da Colômbia]”foi roubado.

O candidato também já afirmou ser admirador do ditador nazista Adolf Hitler, mas depois pediu desculpas e afirmou que tinha se enganado e que, na verdade, queria Albert Einstein.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here