Celulares e dinheiro são apreendidos no Complexo do Gericinó, no Rio

0
18

Ação de Ministério Ferreira Cadeia e revista realizada neste sábado (2) pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e o Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) Joaquim de Souza, no Complexo Gericinó, zona oeste do Rio 1, produziu na apreensão de 7 celulares, quatro roteadores, dois Pen drives e quatro televisões com acesso à rede Wi-fialém da quantia de R$ 12.307.

A informação foi divulgada neste domingo (29) pela Seap, por meio de sua assessoria de imprensa. A operação foi possível ao trabalho realizado entre os órgãos de inteligência das instituições envolvidas (Subsecretarias de Inteligência e Operacional e Corregedoria da Seap Coordenação de Segurança e Inteligência do MPRJ). O trabalho foi acompanhado pela corregedora da Seap, Roseli Félix.

A pedido do MPRJ, o material apreendido foi encaminhado para a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco, para registro de ocorrência e posterior investigação judiciária).

A secretária de Administração Penitenciária, Maria Rosa, destacou que “a operação foi a primeira da gestão com total interação das centrais de inteligência (CSI e Sispen) e de forma inédita com a participação da atual inteligência da Seap”.

A secretária que a ação cumprirá o governador Cláudio Castro de acabar com as irregularidades no afirmou penitário. Adiantou que novas ações estão sendo encontradas ainda.



LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here