A preocupação com o futuro de forma excessiva, pode desencadear estresse e ansiedade. Esses transtornos podem até parecer inofensivos, mas eles geram várias outras doenças como o bruxismo.

O que é o bruxismo?

O bruxismo é uma desordem fisiológica que acomete a musculatura da mastigação e faz com que o paciente tenha um apertamento dental, um problema que afeta os dentes por ter uma mordida com excesso de força.

Esses músculos podem começar a apertar muito durante o dia ou à noite. Normalmente o paciente tem mais facilidade em perceber no período diurno por estar acordado.

Como fazer a identificação do bruxismo

É possível fazer a identificação através das atitudes do dia a dia, a pessoa pode perceber que está mordendo e fazendo força de forma involuntária.

É recomendado procurar um especialista na área, e ele irá fazer um diagnóstico mais preciso.

Nessas ocasiões, é importante que tenha um plano odontológico. Se for um empreendedor, busque saber como funciona o plano odontologico da empresa.

É importante que nesses momentos tenha um profissional de qualidade com um excelente custo-benefício.

Ele passará a analisar os desgastes dentais que geram sensibilidade, e o motivo dos dentes começarem a quebrar também. Dependendo da situação, é comum que os pacientes tenham dentes desgastados, não sendo possível fazer a identificação dos caninos.

Sintomas

Os sintomas podem ser localizados através dos desgastes, amolecimento dos dentes e dores de cabeças.

Essas dores de cabeça acontecem por conta da compressão exagerada dos dentes, forçando as raízes.

Em casos mais graves, podem ocorrer problemas ósseos, na gengiva e na articulação da mandíbula.

Dores e zumbidos no ouvido também são sintomas, assim como o incômodo e o cansaço na região da mandíbula e nos músculos do rosto e a ocorrência de estalos ao abrir e fechar a boca, resultando num fechamento parcial.

Tipos de bruxismo

Existem dois tipos de bruxismo diferentes, o diurno e o noturno, que está ligado a um distúrbio de sono.

  1. Bruxismo diurno

Acontece quando o indivíduo se encontra acordado, onde geralmente ocorre um ranger de dentes quando a pessoa está realizando seus afazeres.

Pelo fato de a pessoa estar concentrada, ela pode não perceber no momento, mas depois, acontece um cansaço na mandíbula, e ela passa a sentir que está forçando a região.  

  1. Bruxismo noturno

É uma atividade inconsciente de apertar os dentes durante o sono. Essa ação pode reproduzir sons ou ser feita de forma silenciosa.

Causas

Não é simplesmente ir até o profissional, e voltar para casa apenas com uma placa de acrílico. 

É necessário entender o que está causando o bruxismo, psicologicamente falando, para que esse problema possa ser resolvido. Saiba algumas causas que podem desencadear:

  •  Estresse;
  •  Ansiedade;
  •  Algumas condições neurológicas;
  •  Efeitos secundários de alguns entorpecentes.

 

O estresse é uma das principais causas. Muitas vezes, as pessoas passam por problemas familiares ou até mesmo profissionais.

Principais tratamentos para esse distúrbio

O tratamento é feito através de uma avaliação do profissional, que procura entender a sua rotina e como se encontra o seu estado emocional.

  1. Psicólogo

Dependendo da situação, o dentista do plano dental para empresa, irá encaminhar o paciente para profissionais como psicólogos.

  1. Placas mio relaxantes

O tratamento pode ser feito através de placas de acrílico para usar durante a noite, é recomendado que não sejam de silicone, porque o silicone estimula a mordida.

Essas placas são chamadas de mio relaxante ou placas estabilizadoras. Como o próprio nome diz, elas irão estabilizar a mandíbula e a oclusão do paciente.  

Ela será encaixada na arcada superior que é a maxila, ou na inferior que é a mandíbula e será feita sob medida, através do plano odontologico pme.

  1. Ortodontia

Pessoas que têm mordidas cruzadas, ou seja, quando a arcada inferior sobrepõe a superior, podem ser vítimas do bruxismo, porque causa um efeito de apertar os dentes.

O tratamento odontológico pode ajudar na correção da mordida, evitando o desgaste e a má oclusão. Sendo assim, é importante seguir o encaminhamento do seu odonto empresarial.

  1. Pet terapia

Uma terapia que ajuda bastante é o tratamento com animais. Ao se relacionar com eles, é liberado hormônios como ocitocina, chamado hormônio da felicidade.

Ao fazer a liberação dele, pode aliviar o estresse e melhorar a qualidade do sono.  

  1. Quiropraxia e fisioterapia

A fisioterapia ajuda por conta dos exercícios que trabalham o músculo, envolvendo a ATM (articulação temporomandibular), a quiropraxia do mesmo modo, promovendo alívio ao paciente, através de técnicas que ajustam essa disfunção.

Sempre vá até profissionais de confiança para resolver qualquer problema na cavidade oral, e procure entender também quais o convenio odontologico empresarial cobre, para um melhor tratamento. 

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.