Veja 16 itens que estão na sua casa e são perigosos para crianças

0
34

[ad_1]

Itens básicos da rotina de um adulto, como pilhas, óleos essenciais ou plantas, podem ser verdadeiras armadilhas quando há crianças em casa. Se ficarem ao alcance delas, os utensílios e produtos podem causar acidentes sérios de intoxicação e engasgamento.

De acordo com o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), a maior incidência de acidentes e intoxicações domésticas ocorre entre as crianças menores de 6 anos, principalmente devido ao armazenamento inadequado dos produtos de limpeza.

A pediatra Sandi Sato, da Maternidade Brasília, alerta que os produtos químicos em geral, sejam de limpeza, cosméticos ou de uso automotivo, precisam ser mantidos em lugares seguros, altos e, de preferência, com alguma barreira ou tranca que evite que a criança tenha acesso.

A socorrista inglesa Nikki Jurcutz usou o perfil do Instagram da sua empresa, a Tiny Hearts Education, para alertar os pais sobre os 16 produtos domésticos mais perigosos para as crianças. Entre eles estão:

  1. Óleos essenciais;
  2. Removedor de esmalte;
  3. Pilhas;
  4. Inseticida;
  5. Cola;
  6. Alvejante;
  7. Medicamentos para adultos;
  8. Medicação para crianças;
  9. Medicamentos para animais de estimação;
  10. Álcool;
  11. Gasolina;
  12. Detergente para lavar louça;
  13. Plantas venenosas;
  14. Pesticidas;
  15. Desinfetantes;
  16. Cigarros.

Embora a maioria deles seja inofensiva para adultos, esses produtos podem ser perigosos para crianças que ainda estão em desenvolvimento.

Sinais de intoxicação

Os sinais de intoxicação variam para cada produto ingerido e podem incluir irritabilidade, sonolência em excesso, desmaio, queimaduras e falta de ar.

Nesses casos, os pais devem levar a criança imediatamente para atendimento médico ou ligar para o Centro de Informação e Assistência Toxicológica (CIATox) no telefone 61 9288-9358, que possui atendimento 24 h.

“Para cada tipo de produto e de contato existe uma conduta diferente a ser tomada”, explica a pediatra Sandi Sato.

Como evitar acidentes?

Para evitar envenenamentos, a socorrista Nikki Jurcutz recomenda que os responsáveis fiquem atentos ao local de armazenamento dos produtos e ao manuseio deles.

  • Guarde todos os produtos de limpeza e medicamentos em um armário à prova de crianças;
  • Verifique as plantas em seu quintal para se certificar de que não são venenosas;
  • Mantenha os produtos de limpeza nas embalagens originais para que, caso fiquem expostos, você saiba exatamente do que se trata;
  • Armazene álcool no alto do armário;
  • Retire todos os medicamentos da bolsa ou mochila e guarde esses itens em um local seguro;
  • Evite chamar medicamentos por nomes lúdicos que possam atrair a atenção das crianças.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.



[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here