Jiboia arco-íris é encontrada em RO. Saiba o motivo dela ser colorido

0
43

Como cobras e serpentes estão associadas a crenças e mitos desde os primórdios dos tempos. Por mais que eles não são realmente alguns dos animais mais confiáveis, como esses animais ainda são mais fascinantes, como eles podem ter uma característica diferente do comum, como eles podem ter muitas pessoas diferentes, como o arco-íris dessa jiboia.

Como o próprio nome diz, essa jiboia tem as cores do arco-íris em sua pele. É uma característica bem conhecida da Epicrates cenchriapopularmente conhecida como “jiboia arco-íris”.

Recentemente, uma serpente dessa espécie foi encontrada em Vilhena, em Rondônia. Depois de ter sido encontrada, a jiboia foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros no bairro Santos Dumont e entregue para avaliação de especialistas da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma).

Segundo a prefeitura, na terça-feira dessa semana, a cobra foi devolvida para a natureza por já estar com um bom estado de saúde.

Colorida

G1

A jiboia chama atenção por suas cores. Mas por que ela é colorida? Essa espécie ganha do arco-íris quando é exposto à luz do sol por conta de um fenômeno conhecido como iridescência.

“Quando o raio solar bate no seu couro, a luz refletiu como núcleos do arco-íris e forma um padrão lindo em seus escamas. Esse processo é chamado de iridescência, e daí vem o seu nome”, comentou Rafael Fonseca, assessor da Semma de Vilhena.

Esse fenômeno também acontece com o arco-íris. Mas no seu caso, ele é um fenômeno meteorológico que surge no céu depois das chuvas quando a luz do sol atravessa as gotas de água no ar.

“O efeito óptico é causador por componentes cristalinos (cristais de guanina) que se acumulam nas escamas da espécie e funcionam como prismas que decompõem a luz em diferentes núcleos, presentes também no arco-íris, porém, nas camadas de vapor d’água na atmosfera”, informou a Semma.

Jibóia

G1

Com relação à jiboia, a Semma informou que os animais dessa espécie vivem cerca de 15 anos e podem chegar a medir mais de dois metros de comprimento e cinco quilos. UMA dieta destes cobras é variada e variada entre pequenos animais roedores, anfíbios e algumas aves.
De acordo com Marcela Almeida, secretária municipal de Meio Ambiente, as jiboias-arco-íris são animais procurados para se ter em cativeiro. Por conta disso, elas merecem uma atenção maior para que continuem sobrevivendo na natureza.
“Nesta em especial monitoramento de alguns dias e como estava em boas condições de saúde, devolvemos ela para seu habitat natural em segurança. É um animal incrível que mostra a biodiversidade que temos em Vilhena e as maravilhas da natureza que precisamos preservar”, disse ela.

Mais rara

G1

Além da jiboia arco-íris, já foram outras jiboias interessantes no Brasil, como por exemplo, a ‘Jiboia do Ribeira’, Corallus cropanii, viva encontrada em Sete Barras, município localizado na região do Vale do Ribeira, no interior de São Paulo. Essa jiboia é considerada a espécie mais rara do mundo.

De acordo com a pesquisa do Instituto Butantan, esse é o segundo exemplar visto da região. O primeiro foi capturado em 2017 por moradores locais.

A espécie foi vista pela primeira vez há mais de 60 anos. O exemplar foi encontrado em Miracatu, município que também está localizado no Vale do Ribeira. Desde o primeiro da espécie, procurador a registro por outros exemplares da mesma espécie.

Ambas as “Jiboias” que foram na região foram capturadas. Os animais foram resgatados com o intuito de fomentar o projeto de educação e ambiental vigente no local. O trabalho vem sendo realizado desde 2016 e conta com o apoio dos moradores da área rural do Guapiruvu.

A descoberta mais recente aconteceu no fim de outubro de 2020 Contudo, ela só foi divulgada depois de recentes, realizarem as primeiras descobertas. Segundo os pesquisadores que avaliaram a espécie, a jiboia era uma fêmea e tinha 1,35 metro de comprimento e 1,2 quilos.

Fonte: G1, G1
Imagens: G1

Esse conteúdo Jiboia arco-íris é encontrada em RO. Saiba o motivo dela ser colorido foi criado pelo site Fatos Desconhecidos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here