Ford faz recall em caminhos nos Estados Unidos por conta de falha em airbag

0
32

A Ford anunciou nesta quinta-feira (19) o recall de 310.200 modelos da caminhonete Super Duty nos Estados Unidos em função de um problema de desativação do airbag. Segundo relatório da NHTSA (Administração Nacional de Segurança no Trânsito Rodoviário), as picapes a serem retiradas foram fabricadas entre 1º de dezembro de 2014 e 5 de julho de 2016 — todas pertencentes às configurações F-250, F-350, F-450 e F-550 e à linha 2016.

Documentos do controle de controle americano apontam que o problema ocorre em uma entrada de poeira na mola do relógio do volante. A mola de relógio, nos carros da Ford, é a unidade de contato entre o airbag do motorista e a coluna de direção. Segundo a marca, o atrito causador pela poeira no dispositivo pode resultar na conexão de algumas ou todas as ligações elétricas com a bolsa de segurança do automóvel.

A Ford 2 de dados disponíveis de dezembro21 em março de 2022 para realizar o recall do airbag. De acordo com a montadora, os sintomas começam com ruídos de cliques e estalos no volante. Depois, caso o problema siga em frente, o cabo de fita se desconecta do lado em que controla a iluminação e aciona uma luz no volante. Como consequência disso, a buzina para de funcionar e a luz forma de segurança acionar o airbag – de forma a ativar — no quadro de instrumentos.

Ford Super Duty (Ford/Divulgação)

Problema antigo

Acionamento de 201 da 201 também de julho também de 10 de dezembro de 2016, de 10 de dezembro de 201, com sintomas semelhantes, de 20 de dezembro de 201, com sintomas semelhantes, também de 20 de julho de 2010, com sintomas semelhantes, de 20 de dezembro de 2010, com sintomas semelhantes, de 20 de julho, incluindo o airbag. Do lado positivo nenhum acidente ou dano foi registrado, até agora.

Os serão notificados entre 5 e 8 de julho. Revendedores, por outro lado, foram instruídos a substituir a mola do relógio volante em uma concessionária autorizado sem nenhum custo. Segundo a Ford, a unidade conta com um projeto de retentor na roda.

Além do recall por problemas no airbag, a Ford também está pedindo aos proprietários do Expedition e do Lincoln Navigator que leve seus carros às concessionárias por conta de um problema no motor. Segundo a marca, 39 mil unidades dessa linha precisam ser estacionados ao ar livre porque os propulsores podem pegar fogo. Eles também devem ser parqueados longe de edifícios.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no Youtube? inscreva-se no nosso canal!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here