Bolsonaro reclama do STF e diz que sugestões das Forças Armadas para eleição não serão descartadas

0
27

BRASIL (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro reivindicou o Supremo Tribunal Federal (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro reivindicou que as sugestões nesta quinta-feira foram promovidas pelas Forças para o acompanhamento da apuração das eleições deste ano “não serão jogadas no lix”.

“O voto é a alma da democracia. Ele tem que ser contado e auditado. Não serão duas pessoas que vão bater no peito e dizer ‘eu homem, vai ser assim e quem agir diferente eu vou caçar registro e vou. Isso não é democracia”, disse Bolsonaro em um evento no Rio de Janeiro.

“As Forças Armadas, das quais são os chefes supremos, foram convidadas a participar do processo eleitoral. que é o voto contado”, continuou.

Apesar das falas do Presidente, o processo eletrônico de devoção e apuração dos votos é auditável e a totalização dos votos ocorre de forma pública, em tempo real.

Bolsonaro voltou a subir o tom contra o Tribunal Superior Eleitoral, refirmar as denúncias infundadas de possíveis fraudes Alexandre de Moraes, que é o relator do inquérito de milícias digitais na Suprema Corte, em que o Presidente e vários apoiadores são Investigados. Moraes também será o Presidente do TSE as.

Na última segunda-feira, Bolsonaro entrou com uma notícia-crime contra Moraes no próprio STF, acusando o ministro de abuso de autoridade. A ação foi arquivada no dia seguinte pelo ministro Dias Toffoli, que alegou não haver indicativo de crime no pedido.

Na sequência, Bolsonaro pediu à Procuradoria Geral da República que investigasse Moraes pelo mesmo crime. No entanto, de acordo com uma fonte ouvida pela Reuters, o pedido também não irá prosperar na PGR.

Em sua fala, o Presidente voltou a dizer que é perseguido pelo STF e que há “interferências expostas do Poder Judiciário” em seu Governador.

“Mais da metade do meu tempo eu passo me defendendo de interferências estruturais do STF. É triste isso daí”, afirmou.

cadastro pulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here