5 tramas que renderam a história

0
26

Nos últimos anos, os Folhetins têm mais os curtos. Se antes era comum ultrapassaram a duração de 200 capítulos, hoje elas têm em média 150 anos. Veja a lista completa abaixo.

Qual a novela mais longa da Globo?

A novela mais longa da Globo é A Grande Mentira. A trama foi escrita por Hedy Maia e ficou em junho de 1968 e julho de 1969, com 341 capítulos. O Folhetim foi exibido no horário das 19h.

A Grande Mentira começa com a história de Roberto Albuquerque (Cláudio Marzo), um homem milionário que atropela (Myriam Pérsia) por acidente e acaba se apaixonando por ela. Eles precisam enfrentar a mãe do rapaz, Viridiana Albuquerque (Neuza Amaral), que não aceita o namoro por a moça sem pobre. No final do folhetim, a matriarca fica louca e ateia fogo no próprio vestido.

Cena de A Grande Mentira – Foto: Rede Globo

Irmãos Coragem (1970) é a segunda novela mais longa da Globo

A segunda novela mais da Globo foi a primeira Irmãos Coragem, exibida em 3 de junho de 19 de junho de 1971 com 28 capítulos. O folhetim é de autoria de Janete Clair e foi um dos grandes sucessos da década de 70 do horário das 20h na Emissora.

Irmãos Coragem se passa na fictícia cidade de Coroado, no interior de Goiás, e gira em torno da história de três irmãos, João (Tarcísio Meira), Jerônimo (Cláudio Cavalcanti) e Duda (Cláudio Marzo). Eles não estão contra o poder do latifúndio Pedro Barros (Gilberto Martinho), que controla o comércio de diamantes na região.

novela mais longa da globo
Cláudio Cavalcanti, Tarcísio Meira e Cláudio Marzo em Irmãos Coragem – Foto: Memória Globo

O Homem Que Deve Morrer (1971) está entre as novelas mais longas da Globo

O terceiro lugar no ranking fica com O Homem Que Deve Morrer, escrito por Janete Clair. Com 258 capítulos, foi exibido entre junho de 1971 e abril de 1972 no horário das 20h.

Em mais uma novela protagonizada por Tarcísio Meira e Glória Menezes, a história se passa em Porto Azul, cidade fictícia de Santa Catarina. O médico Ciro salva a vida do vilão racista Otto Müller (Jardel Filho) com um transplante de coração de um jovem negro. A trama possui um toque sobrenatural, já que Ciro é medium. Ao longo da narrativa, ele se apaixona por Esther, ex-mulher do crápula.

Ciro (Tarcísio Meira) e Esther (Glória Menezes) – Foto: Memória Globo

Selva de Pedra (1972)

No quarto lugar do ranking está Selva de Pedra, com 243 capítulos, exibidos entre abril de 1972 e janeiro de 1973, às 20h. É mais um folhetim de autoria de Janete Clair.

A história gira em torno de Cristiano Vilhena (Francisco Cuoco), um jovem interiorano que ascende socialmente. Quando o poder sobe à cabeça, ele coloca em risco seu relacionamento com Simone (Regina Duarte). O protagonista fica cada vez mais ambicioso ao longo da narrativa e se aproxima do vilão em escrupuloso Miro (Carlos Vereza) – os dois até cogitam Simone.

novela mais longa da globo
Francisco Cuoco e Regina Duarte em Selva de Pedra – Foto: Reprodução/Globo

Barriga de Aluguel (1990)

Barriga de Aluguel, escrita por Gloria Perez, fica com o quinto lugar no ranking. O Folhetim foi exibido entre agosto de 1990 e junho de 1991, com 243 capítulos, no horário das 18h.

A trama gira em torno da história do casal Ana (Cassia Kis), jogadora de vôlei, e Zeca (Victor Fasano), treinador do time em que ela joga, que apesar do casamento perfeito, não consegue ter filhos. Eles decidem contratar Clara (Cláudia Abreu) ​​como mãe de aluguel, uma moça pobre que vê a proposta como uma oportunidade de mudar de vida. Quando sua família descobre que a jovem está grávida, é expulsa de casa pelo pai e termina o namoro (Humberto Martins). Zeca e Clara se envolvem em meio ao conflito, e a barriga de aluguel e Ana passam a disputar a guarda do bebê na justiça.

novela mais longa da globo
Cassia Kis, Victor Fasano e Cláudia Abreu em Barriga de Aluguel – Foto: Memória Globo

+ Qual a novela mais assistida da Globo nos últimos 10 anos? Ranking da Veja

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here