TCU forma maioria para privatização da Eletrobras; oferta pode sair até 15/06, diz fonte

0
37

Logo da Eletrobras em unidade do Rio de Janeiro

Por Letícia Fucuchima e Rodrigo Viga Gaier

(Reuters) – O Tribunal de Contas da União formou a maioria nesta quarta-feira para aprovar a privatização da Eletrobras, em análise que tratou da modelagem do preço mínimo das ações, apesar da forte oposição manifestada por um dos ministros, o revisor do processo, Vital do Rêgo.

A votação ainda não havia sido formalmente concluída no início da noite, como manifestações dos ministros de sinal verde a um passo importante para que a companhia possa concretizar sua oferta de capitalização em bolsa.

A formação de maioria no TCU em favor da capitalização foi celebrada por fontes próximas ao processo, que estima que a oferta de poderá ser feita já no mês que vem.

Uma fonte, que falou sob a condição de anonimato, revelou que o cronograma da oferta deve ser definido até o início da próxima semana.

“Vamos realizar 15 de junho e até a ideia é detalhada o cronograma até segunda-feira”, acrescentou.

Em plenário da operação ministro, Bruno Antonio da Alencarse, Jorge Walton Alencar, Jorge Walton Alencar.

Pedido. pedido. passado de Vital do Rêgo Antes da votação de mérito pelo mérito pelo ministro, ele para uma avaliação de mérito pelo ministro, ele para uma avaliação de mérito pelo ministro, ele para uma avaliação de mérito pelo ministro foi rejeitada.

(Por Letícia Fucuchima; edição de Roberto Samora)



LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here