Salto de paraquedistas termina em pouso forçado e mortes em Boituva

0
42

Hum vídeo publicado nas redes sociais revela uma cena aparentemente normal, mas que acabou em desespero e tragédia. Nas imagens, podemos a aeronave que fez um pouso forçado ver um grupo de paraquedistas, em Boituva, São Paulo, antes do acidente na tarde de quarta-feira (11).

Um dos atletas postou as imagens em seu Instagram e o paraquedista Wilson José Romão Júnior, de 38 anos, morreu após o acidente. No vídeo, o grupo salta do avião e realiza manobras no ar. Assim, grav-se o vídeo na quarta-feira (11), o passeio terminou em um pouso forçado.

Wilson Junior, conhecido como Juninho Skydive, era instrutor de saltos com uma longa carreira, sendo bastante ativo nas redes sociais. Ele postava vídeos e fotos de saltos que fazia com seus colegas.

Além de Wilson, André Luiz Warwar também foi vítima do acidente, aos 53 anos. André na área de tecnologia da TV Globo e diretor da era filmes. Seu primeiro longa-metragem foi Crime da Gávea (2017). Dessa forma, André Luiz também era um paraquedista experiente.

Reprodução/Redes sociais

O acidente

A aeronave Cessna 208 decolou normalmente com paraquedistas do Centro Nacional de Paraquedismo (CNP) ainda no início da tarde de quarta-feira. No entanto, segundo relatos das vítimas do acidente, houve um painel elétrico e o piloto precisou realizar um pouso forçado.

A Associação de Paraquedistas de Boituva informou que 16 pessoas estavam dentro da aeronave, contando com o piloto. Assim, receberam socorro e dois foram enviados1 para hospitais da região. Quatro pessoas não precisam de atendimento médico.

O CNP é um espaço com 99 mil metros quadrados e promove em torno de 20 mil saltos todos os meses. Segundo a Prefeitura de Boituva, é o local onde mais se salta de paraquedas do mundo.

Dessa forma, um paraquedista que estava a bordo da aeronave contorno à reportagem da TV TEM que o avião tocou no solo duas vezes antes de colidir contra um barranco. Em seguida, ele capotou e ficou com as rodas para cima.

Rafael Gonzales Alves contornou que o pilotou falou sobre o cenário de emergência para que o grupo de paraquedistas se preparasse. Eles acreditaram que iriam conseguir alcançar em segurança e comemorar antes mesmo da aeronave atingir o barranco na área rural.

FAB se pronúncia

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que acionaram os investigadores do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) para realizar a ação inicial do acontecimento em questão.

Segundo a FAB inicial especificada: “utilização por identificação pessoal qualificada e acreditada, os quais a realização de coleta e demonstração de dados, a verificação inicial de danos à aeronave, ou pela aeronave, ou pela aeronave. o levantamento de outras informações ao processo de investigação”.

Além disso, a FAB afirmou que o objetivo das investigações é de prevenir outros acidentes semelhantes. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que a aeronave de prefixo PT-OQR estava apta para realizar voos, visto que estava segundo com o Certificado de Verificação de Aeronavegabilidade (CVA) em dia, dados do Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB).

Nota de pesar

Em face dos ataques da Prefeitura de Boituva uma nota. Segundo a administração municipal, o avião era da empresa de Serviço Aéreo Especializado “Skydive4Fun”.

Além disso, o governo municipal informou no CNP que estrutura de atendimento de duas reuniões, adoção de procedimentos e melhorias na gestão e operação das atividades.

Já o CNP lamentou o ocorrido e prestou apoio às famílias das vítimas, tanto das fatais quanto dos médicos que estão sob cuidados. A forma, segundo o CNP, “esta é a primeira vez que enfrentamos um acidente com paraquedistas a bordo que nos prestam serviços”, e que “lamenta e se solidariza com os familiares e amigos dos atletas que apresentam a vida nesse acidente bem como os médicos perigosos, e estão sob cuidados cuidadosos”.

“O momento da união e solidariedade, no aguardo das tristezas, para que sejam identificadas como causas do acidente”, completa CNP

Fonte: G1

Esse conteúdo Salto de paraquedistas termina em pouso forçado e mortes em Boituva foi criado pelo site Fatos Desconhecidos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here