programa permite pequenas empresas quitar dívidas na internet

0
39

MEIs, pequenas e microempresas podem ter uma nova forma de quitar suas dívidas. E o melhor, fazendo todo o processo pela internet. Trata-se de um programa de pagamento de débitos no âmbito do Simples Nacional. Assim, pequenas e micro empresas, bem como quem é MEI, pode aderir ao Relp até o dia 31 de maio.

Entre as condições de pagamento, estão o parcelamento em até 180 vezes. Os chegam a até 90%! Então, para saber mais, continue uma leitura.

É que você provavelmente também gosta:

11 benefícios importantes que todos MEIs têm direito em 2022

Confira os 4 motivos que podem fazer o MEI ter o seu cancelamento do CNPJ

É possível ser MEI e receber o Auxílio Brasil?

MEI, pequenas e microempresas: veja como quitar dívidas pela internet através do Relp

Dessa forma, a possibilidade de parcelamento em 80 vezes, e participe com 1 atrativos atraentes, a Receita Federal espera de 40 mil empresas do programa Se isso acontece, deve-se parcelar um total de aproximadamente R$ 8 bilhões junto ao órgão.

Vale que micro e pequenas empresas, assim como quem MEI, podem aderir ao programa mesmo dizer que não atuam atualmente no Simples Nacional. Ou seja, aqueles que foram contratados ou desenquadrados do regime podem participar do programa e parcelar suas dívidas. Para isso, basta apenas que os deferidos foram apurados pelo Simples, com vencimento em fevereiro de 202.

Por fim, o objetivo da Relp é, acima de tudo, oferecer condições para que as micro e pequenas empresas enfrentem uma crise econômica atual. Quanto às regras do programa, o contribuinte será removido do refinanciamento se não pagar três parcelas ou seis alternadas; se for constatada fraude no patrimônio para não cumprir o parcelamento; ou se não pagar os tributos devidos.

Para aderir ao Relp, basta acessar o portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, e clicar em Pagamentos e Parcelamentos. Em seguida, siga o passo a passo e confirme. Lembrando que as parcelas também não podem ser pequenas por baixo de R$ 30 para micro e empresas, ou R$ 50 para quem é MEI.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal não Youtube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Instagram e Contração muscular. Assim, você acompanhará tudo sobre Bancos digital, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: pixelheadphoto digitalskilet / Shutterstock.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here