McDonald’s (MCDC34) anuncia saída total da Rússia após mais de 3 décadas

0
32

O McDonald’s (MCDC34) anunciou nesta segunda-feira (16) que vai deixar a Rússia e acabar definitivamente com todas as suas operações no país. A tomada é tomada.

A Ucrânia hoje, um comunicado que a crise hoje em dia, hoje, é implacável pela guerra na Rússia, que levou o McDonald’s a um valor significativo do que o McDonald’s não é uma propriedade do negócio sustentável, nem consistente com o ambiente operacional.

A rede fast food disse ainda que o impacto da saída deve ser de aproximadamente US$ 1,2 bilhão a US$ 1,4 bilhão. A medida foi anunciada logo após o governo Putin nacionalizar os ativos da montadora francesa Renault na Rússiaincluindo uma fábrica em Moscou e sua participação de 68% na montadora Avtovaz, dona da Lada.

Os últimos dias de funcionamento do McDonald’s na Rússia, em março, foram marcados por filas de pessoas para entrar nas unidades e de carros nos drive-trhus e funcionários cantando Forma de Aparecida Duração em. Houve até um cliente algemado em protesto (lembre no vídeo abaixo).

Russos também se referemam e Vender produtos do McDonald’s no maior site de anúncios do país candidato após o fechamento das lojas. Itens populares como McMuffins oferecidos foram oferecidos — a preços bastante inflacionados em um deles, o mais famoso da rede fast food foi anunciado por mais de R 180.

A primeira unidade do McDonald’s em Moscou, em 1990, após o início da abertura da União Soviética, juntou-se à unidade e foi um símbolo da “vitória” do capitalismo sobre o socialismo. Da mesma forma, a saída da empresa do país também marca uma inflexão do Ocidente em relação à Rússia e ao governo do presidente Vladimir Putin.

Russos anunciam produtos do McDonald’s em site após fechamento das lojas no país (Reprodução/avito.ru)

No desta comunicado sexta, a empresa diz que “está buscando a venda de todo o seu portfólio de restaurantes McDonald’s na Rússia para um comprador local” sem o uso do nome, do logotipo, da marca e do cardápio da rede. Diz que, futuro como suas pessoas compradoras, também está “garantir o fechamento de qualquer emprego com qualquer opção futura e que tenha um emprego em potencial”.

“Estamos 6 funcionários excepcionais dos nossos fornecedores que trabalham em restaurantes, mil com os nossos fornecedores de nossos fornecedores excepcionais”, afirmou o CEO do McDonald’s apoiam, Chris Kempzinski, no comunicado. “Sua dificuldade lealdade e lealdade ao McDonald’s tornam o anúncio de hoje extrema. No entanto, temos um compromisso com nossa comunidade global e devemos permanecer firmes em nossos valores”.

Leia também:

Cadastro-se na Impulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here