Base do governo aprova ida de Guedes à Câmara para dar explicações

0
37

[ad_1]

Por unanimidade, a Comissão de Segurança Pública da Câmara aprovou na tarde desta terça-feira a ida do ministro da Economia, Paulo Guedes, a esse colegiado para dar explicações sobre a política de reajuste das Polícias Federal, Rodoviária e Penal, todas vinculadas à União. 

A base do governo apoiou em peso o convite a Guedes, que se comprometeu em comparecer até o final de maio. Caso ele não apareça, a comissão já decidiu que irá aprovar sua convocação. Nesse caso, ele será obrigado a estar presente.

O requerimento original, do deputado Luis Miranda (Republicanos-DF), era pela convocação do ministro, mas a pedido do presidente da comissão, Aluisio Mendes (PSC-MA), converteu em convite. O próprio Mendes anunciou que, se Guedes não comparecer, irá colocar para votar a convocação.

“Se a assessoria do ministro não marcar a vinda dele aqui até o final de maio, após as próximas duas sessões, será votada a convocação” – disse Mendes.

Outro deputado aliado do Planalto, Sanderson (PL-RS) afirmou não entender a razão de Paulo Guedes ainda não ter liberado o R$ 1,7 bilhão aprovado pelo Congresso e já sancionado por Jair Bolsonaro.

“Aprovamos o valor para a reestruturação das polícias da União, com o R$ 1,7 bilhão. E nos causa espécie essa demora. Já estamos em meados de maio” – disse Sanderson.

[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here