Oferta de oferta (ELET3;ELET6) após fazer a oferta primária de ações em junho caso desestatização seja aprovada no TCU

0
48

Ah, o Presidente da Eletricidade do Brasil (ELET3;ELET6), Rodrigo Limp, disse nesta terça-feira (17) em apresentação a analistas de mercado o que espera que caso o Tribunal de Contas da União (TCU) aprove nesta quarta-feira (18) a desestatização da companhia, projetando fazer a oferta de capitalização ainda em junho.

produto eletrônico Teleconferência de resultados que a capitalização será necessária para verificar se houve alteração nos itens que constam nos processos de investimento do TCU (PPI) Parceria e do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), e que foi encaminhado à assembleia de acionistas da Eletro .

Naturalmente após a deliberação teremos que ver o acórdão, para exatamente válido, para ver que termos o que, o impacto, os termos válidos (Termos conclusão, permanece válido, permanece a decisão do TCU, termos válidos) comentar.

Limp que há duas etapas pela frente de trabalho aprovado: atualização do formulário de referência de acordo com o resultado do primeiro trimestre e também a publicação do primeiro trimestre.

“Seguranças do primeiro semestre, pelo limite da SEC”, afirmou.

“Mas, considerando alguns fatores, como o período de férias no hemisfério Norte e a proximidade do período aqui no Brasil, entendemos que o cenário é fazer a operação o quanto antes”, disse o Presidente da Eletrobras, ressaltando que “trabalha para fazer “Opera em junho”.

A decisão inicial da Eletrobras será estabelecida inicialmente com a oferta primária de ações da empresa, o que deixará a participação da União de ser acionista majoritária da empresa, passando a ter 45% de oferta. O TCU avalia modelagem, estimativa e preço mínimo da ação.

Na sessão desta terça-feira, os papéis da Eletrobras fecharam com alta de 3,84%, no caso dos ELET3, e ações de 3,01%, nos ELET6.

Dívida de Santo Antônio não Impacta na dessestatização da Eletrobras

Rodrigo Limp explicou na apresentação dos resultados do 1T22 sobre a situação da Santo Antônio Energia (Saesa). a companhia controlada pela Mesa, que Opera a UHE Santo Antônio, em Rondônia, foi acionada em arbitragem para o pagamento de contratos de contratos de venda de energia que não foram honrados.

De acordo com o Presidente, em fevereiro, resultou desfavorável da arbitragem relacionada à Saesa no valor de cerca de R$ 1,5 bilhão (US$ 300 milhões). A Eletrobras elaborou uma demonstração financeira de 2021 e no balanço foi feito provisionamento da parcela de Furnas (43,06%), ou cerca de 700 milhões de reais, referente a este processo.

Mesa tem como acionistas Furnas (43,06%) – controlada pela Eletrobras, Odebrecht (18,25%), SAAG (10,53%) – controlada pela Andrade Gutierrez, Cemig (8,53%) e Caixa Fundo de Investimento ( 19,63%).

Ainda de acordo com o executivo da Eletrobras, a Saesa convocou os acionistas para aumentar o capital no valor da arbitragem e a assembleia aproposta.

Agora, a Saesa tem um prazo de 30 dias para que os acionistas decidem a subscrição das ações e, consequentemente, o aporte dos valores que corresponde a cada um, explica Limp.

De acordo com o executivo, a Cemig foi a única que fez comunicação oficialmente que não vai fazer aporta de sua parcela.

Estamos avaliando todos os cenários, inclusive todas as estimativas que estão previstas para tomar uma decisão sobre o porte.

“O caso não há nenhuma relação com o processo de capitalização da Eletrobras”, disse, acrescentando que este deve seguir normalmente.

Dívida de R$ 1,2 bi da Amazonas Energia

A Eletrobras, na apresentação dos resultados do 1T22, informou que o destaque negativo do período foi o destaque de R$ 1,2 bilhões em provisões para crédito deliquidação duvidosa, decorrente da inadimplência da Amazonas Energia D, sendo R$ 867 milhões referentes à compra de energia elétrica comprovada pelos produtores independentes do Amazonas, e 359 reais referentes a contratos de energia elétrica exibidos pela distribuidora.

“Esse é um tema de uma área de concessão bem complexa, com grandes desafios de gestão e regulatórios”, disse Rodrigo Li. .

“Hoje, algumas não há estrutura estrutural da franquia. Medidas precisam ser tomadas. o executivo da Eletrobras.

A Amazonas Energia D foi arrematada em leilão no final de 2018, que teve a participação de apenas um concorrente: o consórcio Oliveira-Atem. Oliveira começou como uma empresa de sistemas isolados de energia. Já a Atemé uma distribuidora de cobustível. No final de 2020, a Atem vendeu sua participação minoritária no negócio para Oliveira.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here