Febraban pune 896 agentes financeiros por irregularidades na oferta de crédito

0
57

Imagem: Reprodução / Portal Febraban

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban), nesta semana que já puniu 96 agentes financeiros por irregularidades na oferta de crédito consignado desde o início da autorregulação, em janeiro de 2020.

Só em março, foram confirmadas 21 por esse motivo. Desses, 11 correspondentes bancos bancários foram executados, 9 tiveram resultados de forma definida e 1 anúncio impedido de atuar em atividades de maneira definitiva.

No total, já são 38 empresas que são definitivas para o direito de exercício da atividade. Isso acontece quando, depois de ser reincidente, o agente financeiro volta a fazer práticas irregulares.

É que você provavelmente também gosta:

Medida Provisória pode contratar de crédito

Nubank dispara 10% depois de lucro e mais que dobrar carteira de crédito

A Febraban aplica-se a restrições que não respeitam a regulação

A autorregulação, é considerada grave qualquer forma de cobrança pelo tratamento prejudicial ou ilícito dos dados pessoais dos consumidores sem sua autorização. Entretanto, uma reclamação comum dos clientes é a oferta abusiva e sem consentimento de crédito.

“O assédio comercial às vezes leva ao superendividamento dos consumidores, em especial dos muitos mais cuidados. E isso não interessa a ninguém, nem ao consumidor nem aos bancos.”, afirma Isaac Sidney, presidente da Febraban, em nota.

Quando se trata de crédito consignado a situação ainda pior, já que o alvo das agências são os maiores que recebem o benefício pelo INSS. Pela maioria ser composta por idosos, esses professores são verdadeiros para fechar um acordo na sua composição, prejudicial.

“O consignado é uma opção de uso muito utilizado pelos brasileiros. É fundamental que sua oferta seja feita com assertividade e transparência, especialmente para os mais compreendidos, para o produto e sua oferta, optando por sua contratação no momento previsto.” afirmou em nota a presidente da Associação Brasileira de Bancos, Sílvia Scorsato.

O que fazer para impedir de bancos oferecendo crédito?

A dica que a Febraban dá para os consumidores que não aguentam mais como ligações bancárias é se cadastrar na plataforma Não me Pertube. Por meio desse, os usuários podem proibir o site de instituições financeiras e correspondentes bancários fazer contato para oferecer crédito consignado.

Segundo o levantamento feito pela Febraban, entre 2 de janeiro de 2020 e 26 de abril de 2022, foram feitas 2.933.115 solicitações de bloqueios de telefone para recebimento de ligações de oferta indesejadas sobre crédito consignado.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal não Youtube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Instagram e Contração muscular. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: Reprodução / Portal Febraban

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here