Ídolo do Grêmio conseguiu parar Pelé em uma Copa do Mundo

0
78

[ad_1]

Uma das maiores equipes da história do futebol mundial gera debates e boas lembranças até os dias de hoje. A Seleção Brasileira tricampeã de 1970 é tida por muitos como a que apresentou o melhor futebol aos olhos do mundo. Naquela campanha emblemática, o Brasil disputou a semifinal contra o Uruguai, tradicional seleção que já havia sido campeã duas vezes da Copa do Mundo e também dos Jogos Olímpicos. 

Ídolo do Grêmio, Ancheta, e seu grande embate contra o Rei Pelé

A partida ficou marcada por um lance curioso, que foge das regras do futebol, o gol que Pelé não fez. Aos 46 minutos do segundo tempo, quando a partida já estava definida pelo placar de 3 a 1 para o Brasil, Tostão serviu o Rei, que ficou cara a cara com o goleiro. Num lance de gênio, Pelé driblou o arqueiro adversário apenas com o movimento do corpo, deixando a bola passar, sem nenhum toque. No entanto, na sequência da jogada, tudo indicaria que seria o quarto gol da Seleção Brasileira, mas lá estava o jovem zagueiro Ancheta, de 21 anos, que mais tarde se tornou ídolo do Grêmio

Em entrevista, o ex-defensor afirmou que aquele lance foi um marco em sua carreira como jogador. Ele acompanhou Pelé até a conclusão da jogada, mas, em um ímpeto de raça, se jogou em frente a meta uruguaia, atrapalhando o raciocínio do Rei e fazendo com que aquele gol, que seria um dos mais belos da história do futebol, não fosse marcado.

Ancheta foi ídolo do Grêmio nos anos 70 e deu detalhes sobre aquela fatídica partida da Copa do Mundo disputada no México. 

“Uma seleção maravilhosa, a melhor de todos os tempos. O jogo foi muito parelho. Tivemos a nossa garra. O jogo aconteceu como deveria ter acontecido. O Brasil foi muito bem. A velocidade das jogadas, pela direita, pelo meio, com Jairzinho, Tostão, Rivellino, do lado esquerdo. Tinham toque de bola, qualidade para sair da marcação. Tinham muita técnica e jogadores de meio-campo que se posicionaram muito bem na frente. Isso é muito difícil para uma zaga. Adorei ter jogado contra eles. Queria ter enfrentado mais vezes”, disse Atilio Ancheta, ex-zagueiro ídolo do Grêmio.

Enfim, gostou da notícia?

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTok, Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

 Imagem: Divulgação/ Grêmio



[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here