Em qual intervalo é preciso trocar lençol e fronha? Biomédico ensina

0
50

[ad_1]

Uma pesquisa feita no Reino Unido e divulgada na última semana mostra que 45% dos homens solteiros do país só trocam e lavam os lençóis da cama uma vez a cada quatro meses, e 12% só mudam a roupa de cama quando lembra.

O biomédico Roberto Figueiredo, conhecido como dr. Bactéria, ensina que o ideal é que os lençóis e fronhas sejam trocados uma vez por semana e que a pessoa tome banho antes de se deitar.

“Uma pessoa perde, em geral, 1,5 gramas de pele e transpira 2,2 litros de suor por dia. Grande parte desse tempo é na cama. Se demorar muito para trocar, esse acúmulo de resto de pele e de umidade favorece o aumento do número de ácaros, que vão fazer cocôzinhos. As fezes deles causam problemas como rinite, dermatite atópica e podem até ser gatilho para crises de asma”, explica.

Os travesseiros também precisam ser trocados periodicamente, de preferência a cada dois anos. Ao final do período, cerca de um terço do peso dele é de ácaros vivos, mortos e fezes. Figueiredo afirma ainda que não é recomendado lavar o travesseiro porque a umidade facilita a proliferação dos ácaros.

“O melhor travesseiro que temos é o de látex, e o pior é o de pena de ganso. E nunca podemos colocá-los no sol. Se você faz isso, aumenta a possibilidade de acasalamento de ácaros, seu travesseiro se transforma em um motel de ácaros”, diz o biomédico.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here