Plano de fãs e doações fizeram Juliette chegar ao 1º lugar no iTunes em 63 países

0
55

As gravações da cantora Juliette no iTunes, serviço de download de música da Apple, têm por trás um plano bem definido e realizado pelos cactos, como são chamados os fãs da campeã do BBB 21. A artista conseguiu o primeiro em mais de 60 países entre os meses de janeiro e maio deste ano.

Para entender como isso aconteceu, o G1 conversou com a equipe do Juliette Charts, o principal responsável pelas músicas do cantor ao topo do iTunes.

Através do perfil no Twitter e no Instagram envie R$ 1,00 para cada música escolhida. ser membros de fãs-clubes parceiros ou fãs da própria Juliette.

Os parceiros da fanbase de Juliette receba o dinheiro e compre a música no iTunes. Procurado pelo portal G1, o iTunes não quis comentar sobre a ação dos fãs.

O primeiro lugar de Juliette

Foto: Reprodução

Os fãs gastam o dinheiro arrecadado para conquistar o maior número de investidores com o menor investimento possível, quase como se estivessem jogando território “War”.

“Tem países que são simples pegar #1 e outros bem complicados”, explica Victor Martins dos fãs que comanda o Juliette Charts. Por isso, é normal ver países como São Bahamas, Honduras Guatemala, Estônia, Moldávia, Sri Lanka ou N.

No entanto, os cactos ou definem primeiro não ligar, isso porque um lugar é contabilizado de qualquer forma, seja ele em países maiores e de rankings mais concorridos (Argentina, Brasil, Portugal, Egito, México e Suécia) (Uganda, Micro , Chipre, Namíbia, Moldávia, Gâmbia e Omã).

A primeira música composta por Juliette, o piseiro “Cansar de Dançar”, foi lançada na semana passada e conseguiu o primeiro lugar em 46 países.

Já “Un Ratito”, reggaeton cantado por ela com Alok e os porto-riquenhos Luis Fonsi, Lunay e Lenny Tavárez, chegou ao primeiro lugar de 63 países. A colaboração foi lançada em janeiro deste ano.

Antes dessas duas músicas, um artista brasileiro tem muitas peças de Juliette nunca topo do iTunes.

Sem bots e sem VPN

Foto: Roberto Filho/Brasil News

De acordo com os responsáveis ​​pelas ações, o valor arrecadado é para enviar aos fãs que “não têm condição de comprar a música e para enviar aos parceiros de países”.

A equipe do Juliette Charts afirma que não há uso de bots ou de VPN, ferramenta de acesso remoto que simula uma localização geográfica diferente da real. “Até iTunes precisa de métodos de pagamentos legítimos do país para comprar. Ou seja, um cartão brasileiro não pode comprar no iTunes americano”, explica Victor.

O administrador do portal informa que esse tipo de iniciativa ajuda a divulgar uma carreira, porque “ter bons resultados é crucial”.

Victor ainda compara a ação dos cactos com os feitos realizados pelos fãs de K-pop, o pop sul-coreano de grupos como o BTS. “Da mesma forma, o que fazemos com Juliette é tentar dar visibilidade ao trabalho dela, já que essas ações são noticiadas pelos portais e sites.”

O fã da campeã do BBB 21 acrescenta que é muito comum que os fandoms e com isso acabem se conectando a outras missões.

“Temos parcerias com o fandom do BTS, BlackPink, GOT7, TINI, Kenia Os, Katy Perry, Lady Gaga, LISA e muitos outros”, enumera Victor. “É uma forma de conectar fãs de todos os países para ajudar novos artistas e alcançar novos países para o artista.”

Lembrando que a cantora estreou no mercado musical em setembro de 2021, com o EP “Juliette”, que até hoje mantém o registro do maior número de pré-saves da história do Spotify Brasil.

Fonte: G1

Esse conteúdo Plano de fãs e doações fizeram Juliette chegar ao 1º lugar no iTunes em 63 países foi criado pelo site Fatos Desconhecidos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here