O PT poderá fazer com Lula o que Moro não conseguiu. Este juiz condenou Lula, conseguiu colocá-lo na prisão, tentou carimbar nele a marca de corrupto. Não conseguiu, pelo menos na consciência de dezenas de milhões de eleitores que votarão nele no Brasil; seu prestígio no exterior é maior hoje do que antes graças inclusive à imagem de vítima por ter sido perseguido pelo juiz. Apesar disto, o PT pode condenar Lula de uma maneira ainda mais grave e permanente do que Moro.

O PT condenará Lula se afugentar os votos que ele precisa para tirar o Brasil do abismo Bolsonaro. Ao usar o Lula para ganhar a eleição para o partido, e não para salvar o Brasil, o PT pode condená-lo ao fracasso, ao levá-lo à derrota por falta dos votos de democratas antibolsonaro, mas são também antiPT. Discursos do PT e alguns do Lula passam a mensagem de que a eleição é entre PT e Bolsonaro e apenas entre os eleitores-raiz de cada lado. Apesar das pesquisas colocarem Lula na frente, os próximos meses podem aumentar os votos nulos e brancos, dependendo dos discursos do PT. Se na idade que tem, depois do bom presidente que foi, Lula perder eleição por seus discursos e posições, ele será acusado pela reeleição do Bolsonaro. Será uma marca grave na sua biografia. Alguns o acusarão de não ter ajudado a construir um nome de fora do PT com menos rejeição, e por ter desprezado votos fundamentais para sua eleição.

Mesmo que este isolamento não impeça a eleição de Lula e o PT possa comemorar sua própria vitória, o partido pode fazer com Lula o que Moro não conseguiu, se dificultar o seu governo, ao torna-lo prisioneiro de ideologias, grupos identitários, posições sectárias que inviabilizarão o governo que com a herança realmente maldita que herdará, inclusive inflação fora de controle, e conjuntura econômica internacional desfavorável.

Na tentativa de proteger alguns de seus militantes e esconder as alianças espúrias que realizou, o PT nega a realidade que tem sido mostrada há muitos meses. Com isto contamina Lula e o impede de mostrar que ele não tirou qualquer benefício pessoal. Usar o Lula para disfarçar corrupção dos outros é um erro que pode levar à sua derrota.

Será lamentável se o PT, fechado ao partido, terminar condenando Lula na história, de maneira mais profunda e mais duradoura do que Moro tentou. Se isto acontecer, o PT terá dado uma vitória ao ex-juiz, e condenado o Brasil a continuar no abismo.

Cristovam Buarque foi senador, ministro e governador



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here