Um levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas, divulgado neste sábado (14/5), indicou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) dirige a presidência da República entre os mineiros com 41,6% das intenções de voto. O presidente Jair Bolsonaro (PL) vem em seguida, com 33,8%.

Esse é estimulado, onde os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados pelos entrevistados.

A indicação de um ambiente polarizado entre os dois testes favoráveis ​​escolhidos e reforçados o ambiente de uma terceira via é polarizado. O cearense Ciro Gomes (PDT) aparece em terceiro lugar com 6,2%, seguido por André Janones (Avante), com 2%, João Doria (PSDB), com 1,3%, e Eymael (Democracia Cristã), com 1%.

Completam a relação: Luciano Bivar (União Brasil), com 0,6%; Pablo Marçal (Prós), 0,5%; Luiz Felipe D’Ávila (Novo), 0,4; Simone Tebet (MDB), 0,4%; e Vera Lúcia (PSTU), 0,1%.

As intenções de votos nulos ou em branco somaram 7,7% das respostas. Já 4,5% dos votos ou não disseram que não sabem em quem votaram responderam.

Espontânea

Já na consulta espontânea, Lula marcou 24,6%, contra 22,4% de Bolsonaro. Considerando que a margem de erro estimada é de aproximadamente 2,4%, é possível diminuir um empate técnico entre o petista e o atual presidente em Minas Gerais.

Neste recorte, Ciro Gomes marcou 1,4%, Sergio Moro 0,3% e João Doria e Pablo Marçal marcaram 0,2%, cada, e André Janones, que é mineiro, teve apenas 0,1% das intenções de voto. Os demais candidatos não pontuaram.

Entre os mineiros, 41,3% disseram não saber em quem votar na consulta espontânea. Brancos e nulos somaram 9,3%.

A consulta ouviu de 1.680 dias presenciais de 78 municípios do estado e 13 de maio.

A pesquisa está registrada não Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º BR – 09255/2022.