todos devem dizer, sem subterfúgios, que respeitarão as obrigações

O respeito ao processo eleitoral e ao resultado da vontade popular expressada nas urnas foram defendidos pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, nesta sexta-feira (13/5). Durante o 24º Congresso Brasileiro de Magistrados (CBM 2022), realizado em Salvador (BA), Fachin discursou por 30 minutos e cravou:

“Todos os Poderes digam, sem subterfúgios, que vão respeitar o processo eleitoral de outubro de 2022”. No mesmo discurso, Fachin completou que não poderia “a subversão do processo eleitoral”.

Ainda citando o que chama de defesa “desarmada”, foi além: “Para remover a Justiça Eleitoral de suas funções terão que antes removedor este presidente da sua presidência. Diálogo, sim; joelhos dobrados, jamais”, enfatizou no discurso.

Fachin não citou nomes nem atacou o presidente Jair Bolsonaro (PL) por declarações recentes contra o processo eleitoral. Ele manteve a postura dos últimos dias, nos quais se armadas contra interferências no processo eleitoral. Ainda o mesmo discurso de quando tomou posse, em fevereiro, Fachin frisou que respeitar o resultado das urnas, dar soberania ao voto popular, é primordial para a democracia.

Defesa

O presidente tem dedicado seus dias à defesa das urnas eletrônicas e do processo de democracias democráticas no país. Nesta quinta-feira (12/5), Fachin disse que quem trata das são as “forças desarmadas”.

Na ocasião Fachin comentou um Sugestão de Jair Bolsonaro (PL) De acordo com o ministro, a Corte aceita colaborações, mas a palavra final é do TSE.

“Quem trata da eleição são desarmadas e, portanto, dizem respeito à população civil que, de maneira livre e consciente, escolhe seus representantes. Logo, diálogo sim Justiça, colaboração sim, mas a palavra final é da Eleitoral”, frisou o presidente do órgão.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.


Publicado

em

por

Tags:

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *