Dirigente do Fed defes altas de 50 pontos-base e cita setembro como marco

0
30

Federal Reserve Bank of Cleveland (Fed, o banco central norte-americano) de Cleveland, Loretta Mester, defeunesta sexta-feira, 13, aumento de juros de 50 pontos-base nas próximas duas decisões monetárias, em junho e julho. Em discurso no Fórum Internacional de Pesquisa sobre Política Monetária, a que vota nas reuniões do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês), citou setembro como um marco para avaliar como lidar com a inflação.

Mas se a redução das taxas de moderar, oo pode ser necessário um aumento das taxas de aproximação, então oo seja necessário um aumento das taxas de redução, então oo seja necessário. de aumentos das taxas”, disse Loretta.

Ela pontou que o FOMCu pode ser “decidido e intencional” em remover uma política acomodatícia para controlar os preços.

Destacou-se que deve haver alguns obstáculos no caminho e que o econômico pode esperar mais restrições por alguns poucos crescimentos, assim como alguns desafios de desemprego, assim como um pequeno crescimento. “A guerra em curso na Ucrânia e os bloqueios da covid na China representam riscos para cima para a inflação, mas riscos para baixo para o crescimento. da orientação futura do Fed”, observação.

Quanto à composição de títulos públicos, pensem que Loretta do balanço Mester a ser otimizados para otimizar o balanço a ser do balanço do Tesouro.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here