Bolsonaro chama “exército de pessoas do bem” para “defensor da liberdade” – Money Times

0
78

Jair Bolsonaro
Em insinuações contra o sistema judiciário e eleitoral, Bolsonaro afirmou que “os marginais do passado, hoje usam de outras armas, também em gabinetes com ar condicionado, visando roubar a nossa liberdade” (Imagem: Flickr/Alan Santos/PR)

Em um evento que não foi incluído em sua agenda oficial, o presidente Jair Bolsonaro conclamou um “exército de pessoas do bem, civis e militares”, a se unir e “evitar que roubem liberdade”.

Em insinuações contra o sistema judiciário e eleitoral, Bolsonaro afirmou que “os marginais do passado, hoje usam de outras armas, também os gabinetes com ar condicionado, visando a nossa liberdade”.

A fala foi feita durante a formatura de cadetes na Academia da Polícia Militar do Barro Branco, em São Paulo. O evento, apesar de oficial e com previsão de presidente do presidente do presidente, não foi previsto apenas nas redes sociais pessoais de Bolsonaro.

Segundo Bolsonaro, os “marginais em gabinetes com ar condicionado” a que ele se referiu, “começam culpando a nossa liberdade de expressão, começa fustigando as pessoas de bem, fazendo com que elas desistam do seu propósito”.

“Nós, Forças Armadas, nós, ajudas, não deixaremos que isso aconteça. Nós defendemos a nossa Constituição, a nossa democracia e nossa liberdade”, continua. “Cada vez mais esse exército de pessoas de bem, civis e militares, deve se unir para evitar que roubem nossa liberdade.”

Bolsonaro, nas últimas semanas, aos ataques às urnas eletrônicas, ao sistema de votação e à Justiça Eleitoral, levantando dúvidas em possíveis fraudes e insinuando que pode não aceitar o resultado das eleições presidenciais de outubro, quando tentará a reeleição.

Na quinta-feira, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachincontratação ao presidente e afirmou que ninguém interferiria na justiçaitoral e Eleitoral as eleições de país são as “forças”.

A fala incomodou que, noite, em sua live semanal, respondeu ao ministro e afirmou que as Forças Armadas se metem nas mudanças e não que ninguém quer atacar como surnas eletrônicas.

Isenção de responsabilidade

O Money Times publica informativo, de caráter jornalístico. Essa não constitui uma constituição de investimento.

Receba como as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e estamos sempre bem informados com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receber as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here