BMW mostra como são feitos os cristais Swarovski do i7

0
64

Além de ser uma das maiores empresas de joias e cristais no mundo, a austríaca Swarovski também tem um pé na indústria automotiva. os antigos do novo BMW i7, por exemplo, conta com cristais Swarovski em vez dos típicos projetores de vidro e plástico. A marca bávara os chama de aspectos Iconic Glow (“brilho icônico”, em português), porque esta é a primeira vez que um modelo de Munique um componente tão luxuoso.

Em vídeo pela BMW americana, é demonstrado como funciona o processo de fabricação 7 com veiculação da Swarowski. Como outras peças e componentes do sedã elétrico, o procedimento começa com a fundação dos cristais em uma fábrica comum. A partir daí, os cristais são cortados e revestidos em uma outra unidade.

publicidade

Para atender às especificações encontradas para as mãos pequenas, o procedimento utilizado para as máquinas que podem ser direcionadas para as máquinas que podem ser direcionadas para o lugar certo para as pessoas. Em seguida, um técnico inspecionado cada cristal antes de enviá-lo à linha de montagem.

A BMW queria que os cristais fossem diferentes de tudo o que a Swarovski havia feito. De acordo com a montadora alemã, o material tinha que parecer reluzente, porém não como se fosse joias. Deu certo: uma vez acionados, os cristais ocuparam todo o comprimento da carcaça superior no farol frontal do i7, que compõe a luz diurna e o sinal de mudança de direção.

Farol Swap darowski BMW i7 com cristais
BMW/Divulgação

Sedã elétrico chega ao Brasil no meio de 2023

Apresentado nenhum mês passado, o i7 é o primeiro modelo elétrico da Série 7 da BMW, uma das mais tradicionais da montadora, na ativa desde 1977. Com dois motores elétricos síncronos, o sedã a bateria produz cerca de 535 cavalos de potência e 76 kgfm de torque, acelerando de 0 a 100 km/h em 4s5. O luxo investido na fabricação dos cristais, como se nota não interfere no rendimento do carro. A BMW não informa, porém, quanto custaria em caso de substituição dos danos Swarovski — o preço não deve ser obrigatório, dado a meticulosidade com os quais os componentes mudam.

BMW i7
BMW/Divulgação

O BMW i7 chega ao mercado americano no fim deste ano e ao Brasil no meio de 2023. Alimentado por uma bateria de 101,7 kWh, o sedã elétrico faz entre 591 e 624 km com uma única carga.

Crédito da imagem principal: BMW/Divulgação

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no Youtube? inscreva-se no nosso canal!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here