Valor arrecadado com ICMS de petróleos e combustíveis é o maior em 23 anos

0
42

Imagem: Nicole Lienemann / shutterstock.com

De acordo com os dados preliminares do Boletim de Arrecadação de Tributos Estaduais do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), nos quatro primeiros meses de 2022, a arrecadação do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre petróleo e combustíveis registrados.

O ICMS soou mais de R$ 34,3 bilhões entre janeiro e abril, sendo o maior valor desde 1999, início da série histórica.

Em comparação com o mesmo período do ano passado, quando a arrecadação foi de R$ 30,4 bilhões, o aumento foi de 12,9%, além de corresponder a 19% dos R$ 182,6 bilhões do total arrecadado entre janeiro e abril de 2022.

É que você provavelmente também gosta:

Petrobras reajusta com base na Selic confira novos valores

Postos duas formas de exportação preço de combustível

O registro de coleta foi obtido embora 18 estados e o Distrito Federal não tenham feito as informações correspondentes ao mês de atualização. O total arrecadado do ICMS nos quatro primeiros meses do ano será ainda maior essas informações enviadas, que podem ser enviadas em junho.

O Ministro da EconomiaPaulo Guedes é quem lidera o Confaz, que conta com a participação dos secretários da Fazenda dos 27 estados e do Distrito Federal.

Aumento no preço dos combustíveis

Segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço do litro do gasóleo teve um aumento de 55,1% em um ano, já o preço da gasolina subiu 31,4%.

A partir da última terça-feira (10), o preço médio de venda do diesel da Petrobras para as distribuidoras passou de R$ 4,51 para R$ 4,91 o litro, sendo o terceiro aumento somente este ano.

Alteração da cobrança do ICMS

O Congresso Nacional, em março, com o objetivo de escalada dos preços, fixará um Projeto de Lei (PL único) que altera a cobrança única do ICMS sobre os combustíveis, fazendo uma alíquota. A lei, que foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), também previa zerar as alíquotas de PIS/Cofins sobre o diesel e gás até o final de 2022.

Contudo, o Confaz, pouco tempo depois, alíquota única do ICMS, em um valor acima do cobrado pela maioria dos estados, em R$ 1.006 por litro.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), assim como outros parlamentares, irritou-se com a decisão do conselho e com inveja de um ofício de Paulo Guedes, questionando a decisão dos secretários de Fazenda dos Estados.

Hoje (12), Pacheco se reúne com os estados para tratar do assunto.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal não Youtube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Instagram e Contração muscular. Assim, você acompanhará tudo sobre Bancos digital, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: Nicole Lienemann / Shutterstock.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here