Novo Matheus Henrique? Grêmio esbanja conhecimento e repete fórmula de sucesso

0
90

[ad_1]

A derrota para o Cruzeiro, na tarde do último domingo, pela sexta rodada da Série B, ligou o sinal de alerta no Grêmio. Diante disso, não se pode descartar que Roger Machado faça algumas mudanças positivas para a sequência da competição.  Após o jogo em Minas Gerais, o técnico gremista admitiu a possibilidade de abrir mão do tripé de meio-campo. Com isso, o meia Gabriel Silva deve ser o escolhido para compor o setor.

Aos 19 anos, jovem é a nova aposta da comissão técnica. O atleta vem ganhando espaço no time e se destacou na rodada passada, diante da Raposa. O clube, que sabe como lapidar ativos promissores, usou a mesma formula quando encontrou Luan e Matheus Henrique.

Segundo o UOL Esporte, Gabriel Silva caiu nas graças da comissão técnica pelo bom desempenho e uma personalidade marcante. De acordo com a avaliação, o jogador é capaz de agregar dinamismo e intensidade ao setor, fazendo com que o meio-campo não fique tão desprotegido.

“No jogo com o União Frederiquense, tanto Bitello quanto Gabriel Silva foram chamados e entraram para fazer o jogo deles. O que mais me chamou atenção é que naquele contexto, mesmo muito pressionados por serem jovens, eles tiveram naturalidade para fazer o que eles sabem.  Ali tive a certeza de que eles são jogadores que aguentariam emocionalmente o momento do clube. O Bitello, assim como o Gabriel, é meu sétimo homem. Ele tem força para botar o pé na bola defensivamente e ofensivamente”, disse Roger Machado, em entrevista ao UOL Esporte.

Gabriel Silva tem conquistado Roger Machado devido a sua personalidade

Na coletiva de imprensa após o jogo contra o Cruzeiro, Roger justificou a alteração e disse que foi algo estratégico para este jogo em específico. Em tese, o comandante precisava de um jogador com habilidade para levar o time ao ataque, já que havia sofrido o gol no primeiro tempo. Diante disso, a escolha por Gabriel Silva foi a mais adequada para o momento.

“Foi pela estratégia do jogo (substituição). Sacrificamos os pontas e eu precisava de um jogador com a característica do Gabriel, para ele levar o time para frente. Foi a estratégia do jogo. Não abri mão de fazê-la no intervalo. Mas tudo é possível. Gabriel entrou bem. Ele levou nosso time para frente, se livrando da marcação. Empurrou bolas em profundidade. Mas não foi o suficiente para conseguir o empate. É uma possibilidade sim (troca nos próximos jogos), depende das circunstâncias”, concluiu o treinador do Grêmio.

Enfim, gostou da notícia?

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTokTwitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Lucas Uebel / Grêmio



[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here