FFWS: Hotel dos times brasileiros pode custar até R$ 20 mil por jogador

0
51

ALTO e Vivo Keyd já estão em Sentosa para a disputa do Série Mundial de Free Fire (FFWS) de 2022. Para isso, estão alocados em no hotel Michael, um resort de luxo na ilha asiática. Alocados por cerca de 20 dias no local, o gasto por jogador pode ficar próximo dos R$ 20 mil.

+ Servidor avançado revela novo personagem; veja habilidade
+ Menos é Mais retorna com 420% de bônus

As diárias do local giram em torno de R$ 1 mil e os times brasileiros devem ficar na ilha por aproximadamente 20 dias. Apesar dos preços altos, o hotel Michael dá acesso aos locais turísticos importantes da ilha de Sentosa, como, por exemplo, o O Museu Experiencial Marítimo.

Entretanto, é importante que todo o gasto dos jogadores no hotel da ilha de Singapura está sendo feito pela Garena. Desta maneira, como duas equipes brasileiras e todas as outras participantes não precisaram custear os valores para as atletas.

Foto: Reprodução/Reddit

O FFWS começa no sábado (14) com uma fase de play-in. Nesta primeira etapa, a Vivo Keyd disputa uma vaga na grande final, que acontece no domingo (15). Já a LOUD, por ter sido campeã da Liga Brasileira de Free Fire 7 (LBFF 7), já está garantido na disputa do domingo. Vale sobressair que a organização de Bruno “Jogar difícil” já consegui o vice-campeonato do FFWS de 2021.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here