Dólar supera R$ 5,20 após renovar no pico em 20 anos exterior – Money Times

0
36

Às 10h32 (de Brasília), o dólar à vista avançava 0,54%, a 5,1735 reais na venda, depois de mais cedo chegar a saltar 1,27%, a 5,2110 reais (Imagem: Pixabay/webandi )

O dólar subia na manhã quinta-feira e chegou a superar os 5,20 reais nos picos do dia, acompanhando o movimento do mercado de câmbio internacional depois que seu índice contra uma cesta de pares fortes renovado em duas décadas em meio à forte demanda por segurança no exterior.

Às 10:32 (de Brasília)o dólar à vista avançava 0,54%, a 5,1735 reais na venda, depois de mais cedo chegar a saltar 1,27%, a 5,2110 reais.

Caso mantivesse esse patamar até o fim dos negócios, a moeda teria o registro final até o passado dia 14 de fevereiro (5.2195).

Na B3, às 10:32 (de Brasília)o contrato de dólar futuro do primeiro vencimento subia 0,59%, a 5,2030 reais.

A valorização acompanhava o índice do dólar contra os rivais de seis países, desde o pico de 2002, de 10 de dezembro de 2002, embora tenha reduzido os ganhos no dia após os dados mostrarem uma desaceleração na economia na manhã, ao produtor rico norte-americano em abril.

Como 10:32 (de Brasília), o índice do dólar subia 0,45%, a 104.490. A moeda dos Estados Unidos também avançava contradivisas de países emergentes ou atentos às commoditiescomo peso mexicano (+0,4%), peso chileno (+0,8%), rand sul-africano (+0,7%) e dólar australiano (+0,9%).

Participantes do mercado, no geral, avaliavam o comportamento do quinta como uma continuação da tendência recente de apreciação, que foi mantida nesta tendência recente de apreciação, que foi intensificada pelo banco central dos Estados Unidos, seu ajuste num contexto delicado para o aperto economia global.

O Reserva Federal elevou os custos financeiros em 0,5 ponto percentual neste mês, diante da maior elevação.

“Em meio à perspectiva de EUA e podem aumentar a política dos juros nos EUA e mais temores de uma forte desaceleração econômica na China, os mercados internacionais adotaram um viés negativo, que acabaram adotando um país negativo, que passaram a se intensificar no mês”, em notas analistas da XP. “As bolsas globais estão enfrentando em meio a esse sentimento, que, em contrapartida, auxiliam a moeda americana e sua valorização em relação a outras moedas.”

No mercado acionário dos EUA, por exemplo, o índice Nasdaq, de peso forte de papéis de tecnologia, acumula mais de 27% em 2022. Como as vendas em Wall Street podem aumentar o Ibovespa, que já devolveu todos os ganhos que havia registrado no primeiro trimestre deste ano.

O real, sua vez, ainda acumula alguns ganhos em frente à moeda norte-americana 2022, com o dólar cedendo mais de 7% em relação ao fechamento do ano passado. Mesmo assim, a divisão dos EUA já se recuperou mais de 12% em relação à mínima ano, de 4.6075 reais, atingida no início de abril.

“O movimento de reversão de tendência que a gente viu no mercado a partir de abril –depois de um primeiro trimestre bastante positivo para o real–, dada a velocidade com que aconteceu, reforça a visão de que a apreciação do real no começo do ano Estava calcada em fluxo de natureza especulativa, que poderia sair do país a qualquer momento”, disse à Reuters Luciano Rostagno, estrategista-chefe do Banco Mizuho.

Ele também acredita que o mais expressivo do real nos primeiros meses do ano –quando o dólar caiu 14,5%, seu pior trimestre desde meados de 2009– refletiu em parte o patamar bastante subvalorizado que estava a divisa final de 2021 Agora que o preço do dólar já foi instalado nos níveis mais condizentes com a realidade, “não o vejo voltando para as mínimas do ano”, disse Rostagno, citando o ambiente de cautela internacional.

Ele espera que a moeda norte-americana oscile numa faixa entre 5 e 5,50 reais daqui até o final do ano. O teto de sua previsão não deve ser superado devido ao apoio que a Selic alta, atualmente em 12,75%, tende a oferecer à divisão doméstica a atratividade do mercado de renda fixa.

A moeda norte-americana negociada no mercado interbancário fechou a última sessão em alta de 0,22%, a 5,1455 reais na venda.

Isenção de responsabilidade

O Money Times publica informativo, de caráter jornalístico. Essa não constitui uma constituição de investimento.

Receba como as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e estamos sempre bem informados com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receber as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here