BK Brasil (BKBR3) prejuízo em 80,7% no 1º triestre, para R$ 31,4 milhões

0
66

A BK Brasil (BKBR3) registrou lucro líquido de R$ 31,4 milhões no primeiro triestre de 2022 (1T22), uma redução de 80,7% em relação ao mesmo triestre de 2021.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) cresceu 417,6% no 1T22, totalizando R$ 101 milhões.

A receita líquida somou R$ 801,2 milhões entre janeiro e março deste ano, alta de 42,4% na comparação com a mesma etapa de 2021.
Já a margem Ebitda foi registrada em 12,6% nos três primeiros meses do ano, alta de 18,3 pp à margem registrada em 1T21.

O resultado líquido financeiro foi positivo em R$ 32,6 milhões no primeiro trimestre de 2022, um aumento de 20,3% em relação à mesma etapa de 2021.

O lucro bruto atingiu uma cifra de R$ 508,3 milhões no primeiro trimestre de 2022, um aumento de 54,4% na comparação com a mesma fase de 2021.

Sem o 1T21, o BK registrou uma geração de caixa opacional de R$ 62,0 milhões e um consumo de caixa de R$ 103,8 milhões no 1T21. Essa diferença de R$ 165,8 milhões é o resultado da recuperação do tráfego nas premissas, do avanço contínuo da margem bruta e da eficiência opacional que a Cia tem ganhado ao dos últimos trimestres

Os investimentos totais da Companhia atingiram R$ 60,0 milhões no 1T22, aumento de 3% em relação ao 1T21. Neste trimestre, os investimentos em desenvolvimento de restaurantes e manutenção representam 75% do total de despesas de capital, enquanto tecnologia representa 20% e outros projetos corporativos 5%.

A dívida líquida da companhia ficou em R$ 417,9 milhões no final de março de 2022, uma redução de 98,2% em relação ao período de 2021.

O indicador alavancagem financeira, médio pela dívida líquida/Ebitda ajustada, ficou em 2, 4 vezes em/22.

Oportunidade competitiva? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. ajudante de marinheiro.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here