Inovar na cama pode ser o desejo de muita gente, mas tomar essa iniciativa tem sua iniciativa por conta do sexo masculino. Pelo menos é o que aponta uma pesquisa recente da VivaLocal realizada com mais de sete mil pessoas.

Mais de 79% dos homens que participarão do levantamento disse que são propensos a experimentar uma nova posição sexual. Embora sejam a maioria, as mulheres não ficam atrás. Cerca de 7% delas que são como responsáveis ​​por querer tentar uma postura nova.

Medo de machucar parceiros e parceiros são os principais para não deixar vilões apontados pelos principais na hora da transa são os principais para a hora da transa.

0

Medos e ais

Apimentar a vida sexual é a vontade de muitos, principalmente se o relacionamento já caiu na mesmice e as transas são todas sempre no modo básico. Vale ressaltar que não há vontade dos envolvidos em modificar o repertório, está tudo bem.

Mas, acontece que embora muitas pessoas tenham o desejo de experimentar uma nova posição, ainda existem propriedades que impedem os envolvidos de se jogarem na hora “H”.

A pesquisa revelou que o maior medo ao tentar uma nova posição sexual, tanto para 51% dos homens, quanto para 56% das mulheres, é que machucar o seu parceiro(a).

O desconhecimento da capacidade do próprio corpo pode ser apontado como uma das razões desse medo. Além disso, o fato de pessoas não se comunica sobre os desejos na cama também deixa como tentou vez mais distantes.

Confiança na cama

Se sentir seguro e ter autoconfiança na hora da transação é fundamental para poder ousar quando quiser inovar. Curiosamente, o segundo maior medo de homens e é que eles não são tão experientes e, consequentemente, não vão mandar bem na hora “H”. Por isso, conheça o próprio corpo e entenda o que dá prazer a si, é um passo importante para poder mostrar ao par como gosta e quer na transa.

Experimentando uma nova posição sexual

O sexo pode tornar-se repetitivo depois de um tempo, então experimentar diferentes posturas sexuais pode ser uma maneira divertida de reascender como chamas na cama.

Antes de tentar algo, é preciso praticar o oral. E não estamos falando do sexo e sim, do diálogo. Falar com uma parceria sobre suas coisas também tem a dizer a que o outro é essencial para essa conexão. Nesta matéria você confere dicas de como derivar o que dá tesão na cama.

Confira o podcast Prazer sem tabus:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here