após 6 altas seguidas, taxa de transmissão chega a 1,01 no DF

UMA taxa de transmissão da Covid-19 chegou a 1,01 no Distrito Federal nesta sexta-feira (6/5). Está é a sexta alta seguida do índice após ele se aproximar de 0,60 no início deste ano. Os dados são do boletim epidemiológico divulgados pela Secretaria de Saúde do DF (SES/DF).

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), quando a taxa de transmissão está acima de 1, significa que a pandemia está avançando. Em 1,01, o índice aponta que um grupo de 100 pessoas pode infectar outras 101.

Apesar disso, os outros indicadores da pandemia De acordo como boletim, o DF registrou 139 mortes nas últimas 24h. Desde o início da crise sanitária, a capital federal notificou 697.512 infecções e 11.660 óbitos pela doença.

Procurada, a Saúde originária que a taxa de transmissão não é o único indicador utilizado para definição do cenário epidemiológico. “É essencial avaliar em paralelo a média móvel de casos e de óbitos, o percentual de positividade, o número de casos ativos, entre outros indicadores”, disse por meio de nota.

A massa destaca que todas as medidas adotadas para o coronavírus são consideradas estimativas de combate, critérios científicos e técnicos. “A situação é monitorada todos os dias, em tempo real.”

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF sem Instagram.

Quer notícias do DF direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesdf.


Publicado

em

por

Tags:

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *