Daniel Silveira terá protesto tímido de apoiadores em frente ao STF

0
59

[ad_1]

Diferente da mobilização mais ativa nas redes sociais, o deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) deve contar com uma manifestação mais tímida de apoiadores na frente do prédio STF, na tarde desta quarta-feira (20/4), quando a Corte julgará uma ação penal contra o parlamentar.

Figuras como a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), uma das principais defensores de Silveira na Câmara, não comparecerão ao ato. “Deve ter algo na frente do STF de apoiadores dele, mas não sei quantas pessoas”, minimizou a parlamentar à coluna, dizendo que não estará presente porque se acidentou.

Zambelli nega que tenha recebido pedidos para não participar da manifestação. A aposta principal de bolsonaristas é de que o julgamento será interrompido por um pedido de vista de algum ministro do Supremo. “Acho que terá pedido de vista, mas ninguém me disse”, declarou a deputada.

0

Outras lideranças bolsonaristas ouvidas pela coluna apostam que o pedido de vista deve vir de um dos dois ministros indicados por Jair Bolsonaro: Nunes Marques ou André Mendonça. A estratégia seria evitar uma condenação de Silveira antes das eleições de outubro, o que tornaria o deputado inelegível.

A previsão de aliados de Daniel Silveira destoa da de ministros da ala garantista do STF. A expectativa de magistrados dessa ala da Corte, como a coluna noticiou na terça-feira (19/4), é de que não haverá pedido de vista e que a ampla maioria dos integrantes do Supremo votará para condenar o deputado.

A previsão de um protesto tímido de apoiadores de Silveiro também vem do próprio setor de inteligência da Corte. Com esse diagnóstico, o STF sequer pediu reforço da Polícia Militar do Distrito Federal para a segurança da Praça dos Três Poderes, onde está localizado o prédio do Supremo.

[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here