Valorant Masters 2022: como assistir à final entre LOUD e OpTic ao vivo | Campeonatos

0
66

LOUD e OpTic Gaming se enfrentam na grande final do Mestres Valorantes Reykjavík 2022, que acontece neste domingo (24) às 14h, horário de Brasília. A equipe brasileira norte-americana teve sua vitória na final da chave superior, enquanto a rival norte-americana bateu a ZETA final da chave inferior. Agora, o tempo terá a oportunidade de revanche em uma série melhor de cinco partidas (MD5).

Vale que o vencedora se lembrará de uma premiação de US$ 200 mil (cerca de R$ 960 mil) do Circuito, que será utilizado no final do ano para definir os participantes do Valorant Campeões 2022, o mundial do FPS da Jogos de motim. Você poderá acompanhar o confronto entre Brasil e América do Norte pelos canais oficiais do Valorant n / D Contração muscular e não Youtube. A seguir, você confere mais detalhes sobre toda a trajetória da LOUD e também da OpTic Gaming até chegarem à decisão na Islândia.

LOUD é o Brasil na final do Valorant Masters Reykjavík 2022 — Foto: Divulgação/Valorant Champions Tour

LOUD” é realizado por Bryan “pANcada Luna, GustavoSacy” Rossi, Delipetro, Erick “pas” Santos, Felipe “Lesconi treinadores” Basso e Matheus “bzkA” Tar. O esquadrão se uniu para a temporada 2022 e dominó sem grandes dificuldades o cenário brasileiro. As atuações da LOUD levaram uma equipe a conquista o título do VCT BR Etapa 1 de forma invicta. Isso garantiu a vaga na fase de grupos do Mestres Valorantes Reykjavík 2022, mas, graças à vitória da Ninjas de pijama no Qualificação de última chancea LOUD saltou diretamente para os playoffs do torneio internacional.

Na fase Islândia, a LOUD estreou contra a Team Liquid, líder do Grupo B da primeira. Apesar de um susto no segundo mapa, onde foi dominado pela equipe europeia, a equipe brasileira conseguiu mostrar toda sua força no restante da série melhor de três partidas (MD3) para estrelar com vitória. Depois, o duelo foi contra a G2 Esports e, passado o nervosismo da estreia, a vitória chegou com um 2-0 sem maiores dificuldades.

Menos vem sendo o nome principal da LOUD na Islândia — Foto: Divulgação/Valorant Champions Tour

Na final da chave superior, o duelo entre as únicas equipes invictas até então nos playoffs: LOUD e OpTic Gaming. No primeiro mapa, um atropelo da equipe norte-americana em 13–2, que pode facilmente abalar os jogadores brasileiros para o restante do MD3. Porém, a derrota pouco afetou a LOUD, que voltou a mostrar seu excelente Valorant para chegar à virada, conquistar a vitória por 2–1 e carimbar o passaporte para a grande final.

pANcada realizou muitas garras durante a campanha da LOUD e também se destaca na equipe — Foto: Divulgação/Valorant Champions Tour

Revanche dos norte-americanos

A OpTic Gaming, diferentemente da LOUD, iniciou sua campanha na fase de grupos. Sua trajetória começou com uma derrota de 2–0 para a XERXIA, o que obrigou os norte-americanos a recuperar no Grupo B. Seus duelos seguintes, no entanto, foram mais tranquilos, com duas vitórias por 2–0 a KRÜ Esports e na revanche contra a XERXIA. Nos playoffs, a OpTicou a campeã de sua região, a The Guard, e buscou a vitória por 2–1 após um duelo bastante complicado e ganhou confiança na competição.

Nas semifinais da chave superior, uma série ainda mais difícil contra o DRX, da Coreia do Sul, que só foi definida na prorrogação do último jogo. Após muita tensão, a OpTic por 2–1 e avançou para enfrentar a LOUD. Embora o duelo tenha começado bem para a equipe da América do Norte, ela não conseguiu ao excelente momento dos brasileiros, foi derrotada e caiu para a chave inferior. Estando lá, a OpTic inevitável0 vencerá por 3– para cima da ZETA DIVISION, do Japão e terá mais uma chance de vencer a LOUD na final.

Victor vem realizando uma excelente atuação no Masters e pode ser decisivo na final — Foto: Divulgação/Valorant Champions Tour

Brasil contra América do Norte

Até hoje, o Brasil não chegaria a fazer apresentações em internacionais. Porém, a LOUD apareceu em 2022 com um grande esquadrão e é a favorita no duelo da grande final na Islândia. Em caso de vitória, será a primeira vez que o Brasil conquistará um título internacional de Valorant.

Por outro lado, a América do Norte já conta com um título internacional, o Mestres Valorantes Reykjavík de 2021, prova levantada pela Sentinels. A OpTic terá a oportunidade de colocar novamente sua região no topo do cenário mundial de Valorant e também levar o seu primeiro título.

LOUD pode conquistar o primeiro título internacional de Valorant do Brasil — Foto: Divulgação/Valorant Champions Tour

Com informações de Valorant Esports e Liquipédia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here