Polêmica com fundo imensa, e leilões; veja os destaques do setor imobiliário na semana – Money Times

0
38

FII Hectare Nova Feira da Madrugada
Fundo Hectare CE é questionado por mercado ao investimento imobiliário na dívida e nas cotas de mercado imobiliário popular (Imagem: Reprodução/Nova Feira da Madrugada)

Nesta semana, o fundo imobiliário (FII) Hectare CE (HCTR11) chamou a atenção do mercado por investir simultaneamente na dívida e nas cotas de um compras populares — o que, na visão de alguns analistas, configura conflito de interesses.

Além da discussão com o FII, alguns assuntos são mais destaque que outros ao longo da semana. Confira as cinco reportagens mais lidas das editorias de Imóveis e Fundos imobiliários entre os dias 18 e 22 de abril.

5º Lugar: Plataforma do Banco do Brasil (BBAS3) oferta imóveis com até 85% de desconto

O Banco do Brasil (BBAS3) vai oferecer 3.100 imóveis para venda direta ou leiloar durante o mês de abril com aprovação que chegam a 85% sobre seu valor de mercado.

Há ofertas com valores a partir de R$ 10,6 mil até R$ 24,8 milhões em todo o país, principalmente nos Estados de Goiás, Paraíba e Piauí.

Leia mais

4º Lugar: Como será o mercado imobiliário para vendas domiciliares em 2022?

O mercado imobiliário é capital intensivo, ou seja, necessita de muito capital para sua realização. E este capital é tanto necessário para o incorporador que recorre ao financiamento da produção como para o cliente final que recorre ao crédito imobiliário para adquirir.

Leia mais

3º Lugar: 6 fundos imobiliários com dividendo de até 15,76% para abril, segundo o PagBank

O PagBank renovou sua carteira recomendada de fundos imobiliários para abril.

O banco elegeu três FIIs de papel — que tende a performar melhor em cenários de taxa de juros e imposto em patamares elevados, dados que seus títulos são em CDI ou ao IPCA e IGP-M.

Leia mais

2º Lugar: Fundo imobiliário Hectare CE (HCTR11) recupera parte das perdas após polêmica de conflito de interesse

Após oito sessões em queda, o FII Hectare CE (HCTR11) recuperação nesta terça-feira19 apresentada), encerrando a sessão com recuperação positiva de 7,9%. Com isso, o fundo acumula valorização de 11,26% desde 1º de abril.

Desde março, a gestão do fundo, a carga da Capital do hectaretem sido questionada por investir simultaneamente no equity da Nova Feira da Madrugadaatravés de cotas do FII R CAP 1810 (XBXO11)e não certificado de recebível imobiliário (CRI) que financiou a construção dos empreendimentos.

Leia mais

🏆 1º Lugar: Dividendos: 15 fundos imobiliários que pagam mais que a Selic de 11,75%

Um novo aumento da taxa básica de juros (Selic)os ativos em renda fixacomo títulos do Tesouro Diretopor exemplo, tornam-se mais atrativos para o investidor, uma vez que seus rendimentos atrativos acompanham o movimento da Selic.

Ainda assim, é possível ter retornos superiores à taxa básica de juros por meio dos de ações ou fundos imobiliários (FIIs)

Leia mais

Receba como principais notícias de Fundos Imobiliários e Imóveis

Cadastre-se gratuitamente na newsletter de Fundos Imobiliários e Imóveis do Money Times e receba, toda sexta-feira, uma seleção das principais notícias do setor. Tenha as melhores dicas para comprar imóveis para morar ou investir. Confira a opinião dos melhores analistas do país sobre os fundos imobiliários do momento, sua rentabilidade e expectativa. Clique aqui para se cadastrar

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here