Paes exclui vice-prefeito do Rio de grupo de WhatsApp da prefeitura

0
60

[ad_1]

A péssima relação entre Eduardo Paes e o vice-prefeito do Rio de Janeiro, Nilton Caldeira, teve mais um capítulo na primeira noite de desfiles do Grupo Especial do carnaval do Rio.

Paes removeu Caldeira do principal grupo de WhatsApp da prefeitura, que reúne secretários, presidentes da maioria das empresas vinculadas e ex-secretários que Paes nunca tira.

Na percepção do PL, partido de Caldeira, a relação de Paes com o vice começou a estremecer quando Caldeira recusou uma sondagem para ser indicado a uma vaga no Tribunal de Contas do Município e deixou claro ao prefeito que não topava abandonar o cargo para deixar livre a prefeitura para o presidente da Câmara de Vereadores assumir, se Paes decidisse concorrer ao governo do estado. Paes nega que tivesse esse objetivo, e evitar deixar pública a má relação com o vice.

Entretanto, em entrevista à coluna, no ano passado, disse que Caldeira não teria “dimensão” para assumir a cidade, o que seria uma das razões para não cogitar deixar o cargo.

Disse Paes na ocasião:

“A própria escolha do Nilton é uma demonstração de que eu não pretendo deixar a prefeitura. Com todo respeito, ele não é uma figura política que tenha dimensão pra ser prefeito no Rio de Janeiro. Eu fiz questão de escolher um vice que não pudesse aumentar ainda mais a suspeita de que eu iria deixar a prefeitura”.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.



[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here