O Superclássico das Américas pode ter o “gosto de açaí”

0
58

[ad_1]

A Argentina continua “batendo o pé” e insiste em não querer enfrentar o Brasil, na sequência daquele jogo interrompido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em setembro passado. A Fifa, no entanto, determinou nessa sexta-feira (22/4) que a partida deve ser disputada no dia 22 de junho, em local ainda a ser determinado pela CBF.

Pensando nisso, o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), esteve na sede da CBF, no Rio de Janeiro, para oferecer o Estádio Mangueirão como sede desse que é maior clássico do futebol mundial.

O governador detalhou à cúpula da CBF o andamento das obras de modernização do Mangueirão, com investimentos de quase R$ 150 milhões.

“Temos a certeza de que o estado do Pará terá uma arena com segurança e acessibilidade, e, acima de tudo, um ambiente adequado para grandes eventos”, ressaltou o governador.

A iniciativa do governo do Pará em colocar um “gosto de açaí” no Superclássico das Américas acontece em um momento em que o novo presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, expressou em seu relatório de gestão a ideia de realizar mais jogos da Seleção em território nacional:

“Vamos aproximar a Seleção Brasileira do Brasil, com mais jogos no país, aproveitando melhor os investimentos feitos para construir e modernizar os estádios brasileiros”, destaca o presidente da CBF.

Para acompanhar as atualizações da coluna, siga o “Futebol Etc” no Twitter; e também no Instagram.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.



[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here