As 5 notícias que mexeram com as criptomoedas na semana – Money Times

0
69

Na segunda, uma stablecoin da rede Terra — UST — atingiu um marco histórico. (Imagem: Pexels/Rodnae)

Na última semana, alguns dos acontecimentos no mundo das criptomoedas ganharam maior destaque entre os usuários e estimula esse setor.

Confira abaixo as cinco notícias mais lidas do Tempos de criptografia entre os dias 17 e 22 de abril:

5 – Aposta de El Salvador para títulos de bitcoin pode estar indo ‘por água abaixo’; entender

Como tentou de El Salvador de usar bitcoin (BTC) para sua economia, por estar indo na direção à medida.

Segundo o Decrypt, a tentativa de um acordo em comum do país com o Fundo Monetário Internacional (FMI) não chegou a ter um fim. Alguns críticos, incluindo o ex-presidente do Banco Central de El Salvador, duvidam até se esse acordo poderá um dia mesmo acontecer.

4 – Lei Bitcoin: Votação é adiada pela terceira vez no Senado; veja o que a lei deve mudar

UMA edição da “Lei Bitcoin” (PL 3.825/2019) foi adiada novamente nesta quarta-feira (20). Este é o terceiro adiamento da matéria que deveria ser votada, na última terça-feira (12) no plenário do Senadoacabou mas.

O motivo do novo adiamento é regimental. Desde a sessão de ontem, a Medida Provisória 1.075, que trata das regras para o ingresso dos alunos no ProUni, trava a pauta de votações do plenário.

🏆 3 – “Rede Blockchain Brasil” será lançado pelo BNDES em parceria com o TCU

Na segunda-feira (18), foi publicado no Diário Oficial da União um acordo de cooperação entre o Tribunal de Contas da União (TCU) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a criação de uma rede nacional de blockchainque será chamada de Rede Blockchain Brasil (RBB).

Conforme anunciado pelo BNDES, o blockchain brasileiro será uma rede para otimizar os gastos públicos.

🏆 2 – Stablecoin da rede Terra ultrapassa Binance USD e se torna a terceira maior do mercado

Na segunda, um moeda estável da rede Terra — UST — atingiu um marco histórico. A criptomoeda com lastro ao dólar atingiu o terceiro lugar no ranking das stablecoins, ao alcançar o capital US$ 17 de mercado.

Uma stablecoin de Terra ultrapassou a Binance USD (BUSD), mas a diferença entre elas é pequena, de US$ 68 milhões.

🏆 1 – ApeCoin (APE) dispara mais de 30% em meio a rumores sobre vendas de terras no metaverso

ApeCoin (APE)o token do ecossistema de Bored Ape Yacht Club (BAYC)disparou mais de 30% em 24 horas, atingindo uma nova máxima histórica.

Dados do CoinMarketCap indicam que o token chegou à cotação de US$ 17,11 na manhã desta quarta (20). No momento de publicação da nota, ApeCoin recuperou US$ 16,50. Este valor representa um aumento de 33,97% em 24 horas.

Siga o Crypto Times no Instagram!

Fique por dentro de tudo o que acontece no universo cripto de forma simples e prática! Todo o dia conteúdos recheados de imagens, vídeos e muita interação. Desde as principais notícias no Brasil e no mundo até as discussões do momento. Você terá acesso ao mundo das criptomoedas, finanças descentralizadas (DeFi), NFTs, Web 3.0 e muito mais. O universo cripto não tem idade, é para você! Conecte-se com o Crypto Times! Siga agora o nosso perfil no Instagram!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here