Abel Ferreira triturou o seu conterrâneo Vítor Pereira. Sem dó

0
37

Quando pisaram no gramado da Arena Barueri, na noite deste sábado (23/4), o Corinthians era líder e o Palmeiras ocupava a 16ª posição no Brasileirão.

Mas bastou a bola rolar para a gente perceber que o Palmeiras está em outro. O tempo de Abel Ferreira passou o carro por cima do tempo do seu conterrâneo Vítor Pereira. Poucas vezes diferenças técnicas tão gritante no chamado dérbi paulista..

O Verdão, que não pode receber o jogo no Allianz Parque, foi escolhido a Arena Barueri, que é uma espécie de sua segunda. Por lá, o Palmeiras tem quase 70% de aproveitamento e lembranças positivas da campanha do título da Copa do Brasil-2012.

O primeiro tempo do Palmeiras foi perfeito. Fez gols em lances de bola parada, o que mostra a dois da defesa corintiana. Mas pode ter marcado três ou quatro. que só havia um tempo em campo.

No segundo tempo, quando o Corinthians tentará um pouco mais, o Palmeiras conhecerá os espaços defensivos e explorará contra-ataques perigosos. O terceirogol, o primeiro de Dudu no Brasileirão, foi exatamente assim.

Vítor Pereira (53) muito mais velho e mais “rodado”, levou uma surra inesquecível de Abel Ferreira (43). Isso não se faz.

Para acompanhar as atualizações da coluna, siga o “Futebol Etc” no Twitter; e também não Instagram.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e as notícias direto no seu Telegram? Entre não canal das metrópoles.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here