valor da dicas preciosas para aumentar o confira restituição

0
78

Pontos-chave

  • Existem dois modelos de declaração do Imposto de Renda;
  • As deduções legais podem ser incorporadas no formato completo;
  • A Receita Federal permite algumas deduções, mas com certas regras.

Após a entrega da declaração do Imposto de Renda 2022, alguns contribuintes terão direito à restituição. Esse é um modo de devolução de imposto pago mais durante o ano fiscal. Conheça dicas para aumentar o valor da restituiçãosegundo advogados especializados em RI, consultores pelo InfoMoney.

Imposto de Renda 2022: confira dicas precisas para aumentar o valor da restituição (Imagem: Montagem/FDR)

Uma parte importante na fase de declaração do IRPF — que tem a relação com a restituição — é a decisão da pessoa entre usar as despesas que teve com hospitais, médicos, dentistas, plano de saúde, entre outros, que serão usados ​​como desconto na base de cálculo, ou decidir pelo desconto padrão de cálculo 20 %.

Ou seja, o contribuinte possui essas duas opções de:

  • Desconto simplificado: contribuinte decide pelo desconto padrão;
  • Deduções legais: contribuinte informa todas as despesas que teve com planos de saúde, hospitais, dentistas, entre. Com isso, essas serão descontadas da base de cálculo.

Segundo a advogada tributária do Velloza Advogados, Giuliana Pellegrini Burger, após preenchimento de declaração, o contribuinte pode observar na esquerda à esquerda do programa, que se chama “opção pela receita” e decidir pela opção que as contribuições restituirão.

Apesar disso, a contribuição advo que os acrescenta que entregam a Declaração de Saída Definitiva do País (DSDP) são obrigadas a completar a declaração pelo modelo completo.

Gastos com educação, saúde, entre outros para a restituição

O contribuinte precisa juntar os documentos que comprovem uma despesa com escola, plano de previdência, plano de saúde, médicos, dentistas, psicólogo, entre outros.

Burger recomenda que a pessoa tome bastante cuidado para não esquecer de pegar os recibos e/ou notas fiscais desses gastos para inserir como informações corretamente na declaração — inclusive sobre as possíveis parcelas reembolsadas por convênio médio.

Cabe destacar que as despesas com educação, neste ano, possuem um limite máximo de restituição de R$ 3.561,50 por dependentes. Já para as despesas médias, a quantidade para restituição é ilimitada.

Adição de dependentes

Para aumentar a restituição, o contribuinte pode adicionar dependentes. Isso porque cada pessoa que incluiu o pagamento na declaração possibilita o abatimento de R$ 2.275,09 no cálculo do IR.

Apesar disso, existem regras que estabelecem quem é considerado dependente. A Receita Federal informa que os companheiros podem ser inseridos. Porém, desde que o casal possuía um filho em comum ou viva há mais de cinco anos.

Filho e enteados podem ser dependentes desde quem até 21 anos até a escola de educação superior ou cursando ensino superior ou técnico de segundo grau.

Ainda estão incluídos: irmão, neto ou bisneto “Sem chegada dos pais, de quem o contribuinte detenha a guarda judicial, de ensino até 21 anos, ou 24 desde que cursando superior, ou, anda, em qualquer idade, quando incapacitado física e/ou mentalmente para o trabalho”.

Também podem ser inseridos pais, avós e bisavós que, no ano passado, receberam recebimentos — tributáveis ​​ou não rendimentos — até R$ 22.847,76.

De acordo com o coordenador de impostos do IOB, Valdir Amorim, declara que até é possível incluir sogros. Isso desde que a declaração seja realizada em conjunto com a declaração.

Gastos com pensão alimentícia

Se o contribuinte contribuinte “alimentados” — que são as pessoas que recebem pensão alimentícia, como filhos e/ou ex-cônjuge —, uma quantia dessa despesa pode ser informada na declaração.

O abatimento da base de cálculo do RI acontece somente se o pagamento da pensão estiver previsto em decisão judicial.

Burger alega que o limite de dedução com pensão alimentícia é de até 100% da quantia da pensão registrada no contrato judicial. Ela ressalta “o alimentador, beneficiado com uma pensão alimentícia deve oferecer os valores recebidos à tributação”.

Plano de Previdência Privada

Sobre a contribuição à Previdência Privada, existe um limite na restituição de 12% do valor dos rendimentos tributáveis. Essa ferramenta eleva a restituição, mas precisa ser adotada no anterior à declaração.

Hambúrguer reforça que o abatimento do valor pode ser abatido pelos cidadãos que pode adquirir um plano PGBL até dezembro de 2021.

A restituição do Imposto de Renda 2022 entre maio e setembro
A restituição do Imposto de Renda 2022 acontecerá entre maio e setembro (Imagem: FDR)

Evitar entregar declaração conjunta

os casais ficam em dúvida entre vários realizarem uma declaração em conjunto ou separados.

Como regra geral, Dois tributáveis ​​tributáveis ​​com rendimentos emitidos por os que são emitidos anualmente, como emitidos como separados.. Assim, os rendimentos tributáveis ​​serão reduzidos e levados para ajuste por declaração.

Burger afirma que os casais casados ​​em comunhão parcial de bens que entregam os bens separados, estes devem declarar os bens em apenas uma declaração dos bens comuns. Isso conforme orientado pela Receita.

Ainda, ao realizar a declaração de modo separado, cada cidadão possui uma isenção de até R$ 22.847,76 sobre a renda tributável.

Alguns excepcionais

Ao declarar, cada cidadão possui isenção de imposto. até R$ 22,76 sobre a renda tributável.

Devido a isso, na situação de dostributável rendado, não realizado como declarações em conjunto. Isso porque não mudará a alíquota de imposto a ser paga, segundo informação por Amorim.

É volume, essa decisão se.o interessante, sem renda especialmente possuídas despesas — como alto de contas médicas

Amorim também destaca que a regra do fisco para união estável se diferença da regra jurídica. Somente é permitido realizar uma declaração de conjunto para casais juntos há mais de cinco anos.

Se o contribuinte tiver dúvida, pode declarar das duas formas e comparar qual das opções, por exemplo gera mais imposto a pagar.

O que você achou? Siga @fdrnoticias sem Instagram para ver mais e deixe seu comentário clicando aqui.

Silvio Souza

Silvio Suehiro Souza é formador em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área de consultoria em economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz sempre sobre produtos e serviços financeiros, sempre preparou pela imparcialidade e aprimora as informações.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here