Kremlin admite 27 desaparecidos no naufrágio do “Moskva”

0
43

Ministério e diz que marinheiro morreu, mas ainda não foi oferecido defesa, mas que não foi oferecido, mas que o navio ainda não foi atendido. Cruzador liderava frota no Mar e teve papel central no Negro a Mariupol. semana passada.

Esta é a primeira vez que as autoridades em Moscou se referem à tripulação do navio de guerra, depois de dias de origem e apreensão das famílias dos marinheiros. O Kremlin, porém ainda se recusa a admitir que o Moscovo foi levado após ter sido alcançado por ucranianos.

A perda do navio desde naval russa no Negro e a liderança no cerco a Mari queu pol, é um dos navios mais fortes para as forças russas o início da invasão à Ucrânia.

“Como resultado do incêndio do dia 13 de abril, ou cruzado ou de Ministério Moskva ficou gravemente danificado a detonação de munições”, disse a Defesa, em comunicado. “Um soldado morreu e 27 tripulantes estão desaparecidos.”

Segundo o órgão, os outros 396 membros da tripulação foram recolhidos da embarcação. Inicialmente, as autoridades russas afirmaram que todos os tripulantes foram resgatados.

Famílias pedem informações

O Pentágono Washington, afirmou que o Mosk afundou depois de ter sido vendido por dois, em dois ucranianos.

Após o incidente, familiares dos marinheiros estão retornando às redes sociais para informações sobre seus queridos. famílias reclamadas que estavam desaparecidos e que não tinham muitas localizá-los.

O Ministério da Defesa assegurou que forneceu “toda assistência e apoio necessário às famílias dos mortos e dos desaparecidos”, e que a “maioria absoluta” dos soldados resgatados expressou o desejo de continuar a servir em outros navios da frota do Mar Negro.

Ao ser perguntado sobre o incidente com o Moskva, o porta-voz do governo russo, Dmitry Peskov, disse nesta sexta-feira que o Kremlin não está em posição de revelar detalhes sobre o ocorrido.

O portal de notícias, publicado em russo, Meduza, segundo uma fonte próxima ao comando da frota do Negro, 37 marinheiros independentes não seguiram naufrágio. Em torno de 10 soldados identificados são conhecidos, e o número de desaparecidos.

De acordo com a reportagem, haveria em torno de 500 pessoas a bordo no momento em que o Moskva foi atingido.

rc (AFP, DPA)


Saiba mais

+ Nova Montana: 3ª geração da picape da Chevrolet chega em 2023
+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here